“A Mulher do Pau Brasil é a mulher brasileira de qualquer cor, de qualquer gênero, que batalha e precisa batalhar. Somos todas nós”, define Adriana Calcanhotto, em referência ao título do show que apresenta hoje em Belo Horizonte.

Apesar da inegável relação com o país – evidente na expressão que dá nome ao espetáculo – foi de Portugal, que a cantora e compositora lançou seu olhar para o país, quando ainda produzia o show. “Foi um privilégio ver o Brasil com esses olhos”, diz ela, que no período fazia residência na Universidade de Coimbra, onde foi nomeada, no final de 2015, Embaixadora da Língua Portuguesa. “O show é sobre este Brasil de Coimbra”, reitera.

Embora a apresentação que ela traz para a capital tenha suas origens em terras lusitanas “A Mulher do Pau Brasil” não é uma novidade na carreira de Calcanhotto. “Esse foi o título que eu dei de um show que fiz em 1987 e onde já estavam todas as ideias que iriam me acompanhar ao longo da minha trajetória, como as ideias modernistas e antropofágicas”, explica. Mas descarta a ideia de uma volta às origens: trata-se de uma continuidade de seu trabalho. “Fui me dando conta que essa é minha matéria-prima. Coisas que eu continuei trabalhando ao longo de tudo que fiz”.

Ainda assim, a cantora resgata canções que marcaram presença em seu primeiro show, como “Eu Sou Terrível”, de Erasmo Carlos, e “Geleia Geral”, de Gilberto Gil. “Para a versão que estreia em BH, entraram as canções ‘Nenhum Futuro’, do João Bosco e Francisco Bosco, ‘As Caravanas’, de Chico Buarque, que já tinha entrado em Portugal, e um tema instrumental, chamado “Range Rede”, bem no comecinho do show, antes de eu começar a cantar”, adianta.

Turnê Brasileira

Depois de um tempo longe do Bra[/TEXTO]sil, a cantora não esconde a expectativa de tocar novamente em seu país. “Estou super animada em pegar estrada, tocar com os meninos, voltar para várias cidades que não vou faz tempo. Estou muito animada mesmo”, reforça. Sobre a estreia em Belo Horizonte, ela a define como uma feliz coincidência. “Estou com muita saudade dos amigos de BH, que sempre me recebem tão bem. Estou com muita saudade de tocar no Brasil e vai ser bonito começar por Minas. Eu amo esse palco em que vou cantar”.

SERVIÇO:
Adriana Calcanhotto apresenta a turnê “A Mulher do Pau Brasil”, hoje às 21h, no Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro). Ingressos de R$ 40 a R$ 120.