A semana está convidativa para os amantes de artes visuais, com várias exposições abrindo na cidade, todas gratuitas. Entre os destaques, a mostra “Cartografias Sonoras”, que reunirá, no Espaço do Conhecimento UFMG (Praça da Liberdade, 700), obras de Frederico Pessoa, Henrique Iwao, Marco Scarassatti, Pedro Aspahan e Pedro Durães. A inusitada acústica de um vaso sanitário e a musicalidade tanto de ruídos urbanos quanto de utensílios domésticos são alguns dos elementos presentes. Em suas diferentes abordagens, discutem como o conhecimento do mundo que elaboramos pela escuta é ora apagado no domínio da visão e do pensamento racional; ora reduzido pela exposição a ruídos contínuos; ora tornado objeto de consumo irrefletido; ora esquecido na funcionalização dos objetos; ora homogeneizado, a partir da perda de referencial para apreender os diversos matizes. Todas partem da experiência cotidiana da cidade. Abertura no sábado (19), às 10h. Visitas até 17/2, de terça a sexta e aos domingos, das 10 às 17h; e aos sábados, das 10 às 21h.

A Aliança Francesa BH (rua Tomé de Souza, 1418, Savassi), por sua vez, recebe a exposição “Metamorfose do Abandono”, de Baba Jung, que reutiliza rejeitos de casas demolidas em uma instalação e trabalhos inéditos. A exposição conta com uma apresentação de reflexões sobre a temática “patrimônio(s)”, sendo a oitava edição do programa Alianças Vivas. Abertura nesta quarta-feira (16), às 19h. Visitas até 14/12, de segunda a quinta, das 8 às 21h, e às sextas e sábados, das 8 às 16h30.

Já a Galeria Periscópio Arte Contemporânea (av. Álvares Cabral, 534, Lourdes) comemora seu primeiro ano com a exposição “Todos por Um”, que traz quatro obras emblemáticas de Ivens Machado (1942-2015) – três esculturas e o vídeo “Ordem Unida” (2008) – e trabalhos de Ernesto Neto, Marcone Moreira, Rodrigo Cass, Mauro Restiffe e Lucas Simões. Abertura na quinta-feira (17), às 19h. Visitas até 28/1.

Camerasete

CâmeraSete recebe “Estado da Natureza”, mostra do fotógrafo mineiro Pedro Motta

A CâmeraSete – Casa da Fotografia de Minas Gerais (av. Afonso Pena, 737, Centro) apresenta, a partir do desta sexta-feira (18), a exposição “Estado da Natureza”, do fotógrafo Pedro Motta. Nesse trabalho, ele continua sua intensa pesquisa com manipulação digital e mescla cenários naturais a elementos inusitados como personagens de filmes, desenhos em grafite, barcos inutilizados e erosão provocada pela água da chuva. Com curadoria do colombiano José Roca, a exposição reúne cerca de 70 fotografias divididas em sete séries. Visitas até 15/1.

BDMG

Noemi Assumpção apresenta a performance "Comprinhas" na abertura de sua mostra no BDMG Cultural


A Galeria de Arte BDMG Cultural (rua Bernardo Guimarães, 1.600, Lourdes) recebe a exposição “Imagens Meramente Ilustrativas”, de Noemi Assumpção. Selecionada pelo programa de artes visuais do BDMG Cultural, a artista mostra um recorte de 11 obras da sua produção, com curadoria de Shima. Objetos, instalações, vídeo, performance e 1 tonelada de açúcar fazem parte do trabalho, que convida à reflexão sobre a cultura do consumo e suas consequências.  Na abertura, nesta sexta-feira (18), às 19h, Noemi apresenta a performance “Comprinhas”. A artista vai desembalar e abrir uma coleção de sacolas de supermercados, até ficar totalmente coberta por elas. “O trabalho que desenvolvo é um confessionário dos excessos gerados por uma busca insaciável e imensurável, que tem na comida que não sacia a fome, seu refúgio”, afirma. Visitas até 21/12, de sexta a quarta, das 10 às 18h; e às quintas, das 10 às 21h.

Hiato
Memorial Minas Vale recebe a exposição "Hiato", de Luiz Lemos


Como fruto do edital Jovens Artistas Mineiros 2016, o Memorial Minas Gerais Vale (Praça da Liberdade, 640, Funcionários) lança, neste sábado (19), a exposição “Hiato”, de Luiz Lemos. Na mostra, o público confere um instigante conjunto de pinturas que apresenta complexos jogos formais e cromáticos que tomam a letra, em um nítido processo de investigação, como signo dos resíduos da linguagem, das palavras e dos discursos. A curadoria é de Eduardo de Jesus. Visitas até 22/1, às terças, quartas, sextas e sábados, das 10 às 17h30; às quintas, das 10 às 21h30; e aos domingos, das 10 às 15h30.

AMAM Galeria de Arte recebe a primeira individual do escultor mineiro Bruno Cançado

Já a AM Galeria de Arte (rua do Ouro, 136, Serra) recebe “Trinca”, primeira individual do escultor Bruno Cançado. Os 12 trabalhos que compõe a mostra nascem da investigação sobre a matéria, seus aspectos físicos e culturais, e sobre o próprio “fazer” da arte. O processo de produção e a experimentação com materiais diversos como concreto, cera, papel, tijolo, cobre e carvão, originam um vocabulário de formas que perpassa a escultura, a instalação e o desenho. Abertura no sábado (19), das 11 às 15h. Visitas até 17/12, de segunda a sexta, das 10 às 19h, e aos sábados, das 10 às 13h30.