Após 13 dias de ataques, Santa Catarina não registrou nenhum caso entre a noite de quarta-feira, 08, e a madrugada de quinta-feira, 09. O balanço da Polícia Militar permanece com 98 ataques, 20 apreensões de materiais suspeitos, 52 prisões, duas mortes de suspeitos em confronto com a polícia e um agente de segurança assassinado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.