O casal Beyoncé e Jay-Z serão a atração principal de um show em 2 de dezembro em Joanesburgo para comemorar os cem anos do nascimento do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, anunciaram os organizadores nesta segunda-feira (9).

O show será uma homenagem ao ícone da luta contra o apartheid e impulsará os esforços internacionais para erradicar a pobreza, explicou a organização Global Citizen.

O FNB Stadium de Soweto receberá também o vocalista do Coldplay, Chris Martin, o do Pearl Jam, Eddie Vedder, assim como Ed Sheeran, Pharrell Williams e Usher. 

O festival de música contará também com a participação do produtor de hip-hop sul-africano Cassper Nyovest e dos nigerianos Wizkid, D'banj e Femi Kuti, filho da lenda do afrobeat Fela Kuti.

A Global Citizen pretende arrecadar um bilhão de dólares em doações para ajudar a população mundial de recursos mais baixos.

Para o fundador da Global Citizen, Hugh Evans, Mandela é uma fonte de inspiração por seu compromisso com a reconciliação nacional e a democracia, assim como com a luta contra a pobreza e em prol da saúde. 

Mandela nasceu em 18 de julho de 1918 e morreu em 5 de dezembro de 2013.

Após 27 anos na prisão por seu ativismo durante o regime racista, se tornou o primeiro presidente democraticamente eleito da África do Sul em 1994, cargo que ocupou até 1999.