Em 10 de julho de 1985, um concurso estadual em São Paulo elegeu as 10 melhores receitas de pizza muçarela e marguerita. Empolgado com o sucesso do evento, o então secretário de turismo Luíz de Carvalho, escolheu este dia como data oficial de comemoração. Daí em diante, no Brasil, o 10º dia do mês de julho ficou conhecido como o "Dia da Pizza".

Um dos pratos mais famosos e tradicionais da gastronomia italiana, a pizza ganhou adeptos no resto do mundo e hoje existe em vários formatos e recheios diferentes, inclusive com ingredientes naturais para os adeptos da alimentação saudável.

Este é o caso da Integral Massas. Uma restrição alimentar foi o ponto de partida de Carlos Felipe Xerllez para a criação de sua empresa, que hoje é especialista em pizzas integrais. "A restrição me levou a adaptar vários pratos da minha dieta para o mundo da alimentação saudável. Numa delas, surgiu a massa de pizza com farinha 100% integral. Resolvi fazer depois que passei um dia inteiro rodando BH atrás de uma massa integral, sem sucesso”, conta o empresário.

A adaptação deu certo e ele postou uma foto nas redes sociais "para ver o que acontecia”. A surpresa veio no mesmo dia: "Na primeira semana foram 150 discos encomendados, na 2ª 250, na 3ª 400 e com lista de espera. Sou músico, fã de cozinha e sempre tive o sonho de ter um negócio de alimentos. Estas três primeiras semanas foram o start que me faltava para investir de vez no negócio".

Hoje a empresa produz cerca de 300 discos de pizza a cada seis horas, de forma totalmente artesanal. "As pizzas são feitas com farinha 100% integral e ingredientes sem conservantes e redução de gordura e sódio. Como a pizza mais calórica que vendemos chega à, no máximo, 190 calorias, a grande maioria dos nossos clientes atuais são atletas, jogadores, lutadores e bodybuilders, além das pessoas focadas na dieta saudável”, conta Xerllez.
 
"A primeira coisa que todos lembram quando pensam em farinha integral é o gosto amargo ou o sabor esquisito. Essa foi minha briga aqui, chegar num sabor da massa que você nem lembre que ela é feita somente com farinha 100% integral. Depois de vários testes consegui chegar no resultado que me agradasse e, assim, agradasse aos clientes também", comemora. 

Pizzaiolo ao acaso

O amor à culinária e o acaso foram o que levou o músico Ricardo Koctus a montar a Pizza do Koctus. "Minha esposa Ana gerenciava uma pizzaria de um amigo nosso e, um belo dia, ela me liga pedindo que eu fosse ajudá-la, pois dois pizzaiolos haviam faltado ao trabalho e a pizzaria estava cheia. Mesmo sem saber fazer pizza, fui ajudar e fiquei trabalhando na montagem das pizzas. Gostei tanto que pedi que me deixassem ser freelancer como pizzaiolo aprendiz. Trabalhei lá por 1 mês, cobrindo as folgas dos pizzaiolos", conta.

Depois disso, Koctus descobriu que fazer pizza estava em seu DNA e começou a pesquisar sobre a produção da massa tradicional italiana. "Na época, Juliana Bhering tinha um restaurante no Vale do Sereno, queria implantar a pizzaria e me convidou para ser parceiro nesse projeto. Fizemos alguns eventos culturais com pizza e, lá, fui aprimorando e conhecendo os equipamentos de trabalho".

E assim, depois de participar de eventos diversos e ganhar mais experiência na área, ele se juntou a Leonardo Martins e montou a Pizza do Koctus. "Compramos um forno simples para pizza, começamos a fazer umas festas de amigos, e dai não paramos. Há 2 meses estamos fazendo eventos nas ruas de BH, como Amadoria, Aproxima, Feira do Bem, entre outros".

FAÇA VOCÊ TAMBÉM
Para comemorar a data, preparamos duas receitas de pizzas especiais.

Pizza Pepperitha
(Integral Massas)

Massa
Ingredientes:

1 colher (chá) de açúcar
1 1/2 xícara de água morna
1 colher (sopa) de fermento biológico seco
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 colher (chá) de sal
2 xícaras de farinha de trigo integral
1 xícara de farinha de trigo

Modo de preparo:
Dissolva o açúcar na água morna em uma tigela grande. Polvilhe o fermento e deixe descansar por 10 minutos, ou até espumar. Junte o azeite, sal, farinha integral e 1/2 xícara da farinha comum. Misture até começar a formar uma massa. Transfira para uma bancada polvilhada com o resto da farinha e trabalhe a massa por cerca de 10 minutos, ou até ficar lisa e homogênea. Coloque a massa numa tigela untada e gire para que o óleo unte também toda a superfície da massa. Cubra com um pano e deixe descansar num local aquecido até dobrar de tamanho, cerca de 1 hora.

Coloque novamente a massa numa bancada enfarinhada. Corte em 2 partes se quiser uma massa mais fina, ou deixe inteira se quiser uma massa mais grossa. Forme bolas e deixe crescer por mais 45 minutos.
Preaqueça o forno em temperatura bem alta (220ºC). Abra a massa com o rolo e coloque numa forma untada. Ponha a cobertura desejada. Leve ao forno por 16-20 minutos (depende da grossura da massa), ou até a massa ficar dourada e crocante nas bordas.

Recheio
Ingredientes:
350ml de molho de tomate de sua preferência (se feito em casa, melhor!)
400 g de queijo minas padrão ralado
300g de tomate cereja
1 maço de manjericão
250 g de pepperoni fatiado
orégano a gosto

Modo de preparo:
Dissolva o açúcar na água morna em uma tigela grande. Polvilhe o fermento e deixe descansar por 10 minutos, ou até espumar. Junte o azeite, sal, farinha integral e 1/2 xícara da farinha comum. Misture até começar a formar uma massa. Transfira para uma bancada polvilhada com o resto da farinha e trabalhe a massa por cerca de 10 minutos, ou até ficar lisa e homogênea. Coloque a massa numa tigela untada e gire para que o óleo unte também toda a superfície da massa. Cubra com um pano e deixe descansar num local aquecido até dobrar de tamanho, cerca de 1 hora.

Ponha novamente a massa numa bancada enfarinhada. Corte em 2 partes se quiser uma massa mais fina, ou deixe inteira se quiser uma massa mais grossa. Forme bolas e deixe crescer por mais 45 minutos.
Preaqueça o forno em temperatura bem alta (220ºC).
Abra a massa com o rolo e coloque numa forma untada.

Espalhe o molho na massa deixando uma "borda" de um dedo, cubra com o queijo ralado e espalhe o pepperoni numa metade e o tomate cereja picados ao meio na outra metade. Leve ao forno por 16-20 minutos (depende da grossura da massa), ou até a massa ficar dourada e crocante nas bordas. Espalhe as folhas de manjericão sobre os tomates. Orégano à gosto.

Pizza  Marguerita:
(Pizza do Koctus)

Massa
Ingredientes:
1k farinha de trigo
30g de sal
3g de fermento seco biológico
30g de azeite de oliva extravirgem

Modo de Preparo:
Misture farinha e fermento. Coloque 80% da água e misture até formar uma massa. Junte o sal e misture bem. Coloque o restante da água. Por fim junte azeite e sove bem a massa até ficar bem consistente e lisa.
Deixe descansar por 2 horas.

Depois, faça pequenas bolinhas de 300g (bolear) na internet vc encontra explicação detalhado de como fazer.
Coloque as bolinhas geladeira e deixe por no mínimo 24 horas. Tempo mínimo de maturação, que dará a massa leveza.
Retire as bolinhas deixe fora da geladeira por umas 2 horas.
Abra a bolinha. Também na internet vc encontrará várias informações sobre.

Recheio
Ingredientes:
1 tomate não muito maduro, cortado em rodelas bem finas.
200g de muzzarela
1 concha cheia de molho de tomate
Manjericão a gosto

Modo de Preparo:
Passe o molho na massa já aberta
Espalhe a muçarela
Coloque tomate
Leve ao forno
Quando a massa estiver dourada e com borda alta retire do forno. (No meu forno que atinge 400 graus a pizza fica no forno por cerca de 4 minutos) para atingir o ponto.
Forno com pedra refratária.
Dica pra usar forno do fogão caseiro: Compre uma bandeja furadinha, redonda. Abra a massa e passe o molho de tomate. Com o forno já bem quente coloque a bandeja no forno até a massa assar. Retire a bandeja e coloque os insumos (muçarela e tomate). Leve ao forno até o queijo derreter. Retire, coloque manjericão e sirva.

Serviço:
Integral Massas
Contato: (31) 98497-2893
Facebook: Integral Massas
(Não trabalham com pronta entrega - prazo de até 48h para a entrega)

Pizza do Koctus
Contato: (31) 99657-9417
Facebook: Pizza do Koctus
(pizza para festas e eventos)