São Paulo, 28 (AE) - Antônio Pedro de Souza e Silva, conhecido apenas por Russo, morreu na manhã deste sábado (28), em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, aos 85 anos, por complicações decorrentes de uma infecção pulmonar.

O ex-assitente de palco da Globo havia sido internado no último domingo, 22, no Hospital de Clínicas Mário Lioni, apresentando um quadro grave de pneumonia.

"Ele não estava lúcido, porque o Alzheimer dele estava muito avançado e tinha dificuldades de reconhecer as pessoas. Precisava de ajuda para tomar banho, comer e até para andar", disse Bruna Bergamini, neta de Russo.

Russo trabalhou na Globo por 46 anos, e ganhou projeção na frente das câmeras graças a Chacrinha que, em 1965, o convidou para animar a plateia de seu programa. Na emissora, ele trabalhou com os principais apresentadores, como Faustão, Xuxa, Luciano Huck e Angélica.

Foi demitido da Globo em 2014 e entrou em depressão. Seu último trabalho na TV foi a participação em um comercial de um automóvel. Nos últimos anos, vivia com a filha, Fernanda, em Duque de Caxias.

O velório será realizado neste domingo, 29, às 9h, e o enterro está marcado para as 11h, no Cemitério de Xerém. Ele deixa duas filhas e três netos.