A programação cultural gratuita deste fim de semana está lotada de opções diversificadas. Tem festival na Praça da Liberdade, concerto gratuito da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, festivais gastronômicos, mostras de cinema com filmes consagrados, feirinhas de artesanato, entre outros. Confira os destaques e programe-se:

SEXTA (4)

Ora-pro-Nóbis

O bairro Pompéu, em Sabará, recebe neste fim de semana a XXI edição do Festival Gastronômico do Ora-Pro-Nóbis. Além das várias delícias desenvolvidas com a folha de sabor único, o evento também conta com diversificada programação musical. Na programação, estão Trio Allegro, Forró de Saia, Mandruvá, Trio Zeferino, entre outros. Na sexta, os shows começam às 19h, sábado, ao meio-dia, e domingo, às 10h.

 

BDMG Instrumental

Berço de grandes nomes da música instrumental brasileira, Minas Gerais segue a tradição de talentosos compositores, arranjadores e instrumentistas. Prova disso é a longevidade do Prêmio BDMG Instrumental que, há 18 anos, consagra músicos que se destacam, a eles proporcionando voos maiores em suas carreiras. Na sexta, às 20h, sábado e domingo, às 18h, será realizada no Teatro Sesiminas (rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia), a 18ª edição do Prêmio BDMG Instrumental, que apoia e divulga a música instrumental mineira. Ao todo, 12 músicos se apresentarão para o público e para a comissão julgadora. O resultado é apresentado no domingo.

 

Congado

O mês de maio é marcado, em todo o Brasil, por festas e manifestações populares de origem africana para celebrar a data da abolição e a padroeira do povo negro, Nossa Senhora do Rosário, ambos comemorados dia 13 de maio. No bairro Concórdia, região Nordeste de Belo Horizonte, há uma concentração de congados, sendo o mais antigo a Guarda de Moçambique e Congo 13 de maio de Nossa Senhora do Rosário. Outra manifestação cultural é o Boi da Manta, que é aquela festa em que uma pessoa fantasiada de um boi colorido corre atrás das pessoas na rua, com grande algazarra, músicas, tambores e muitas brincadeiras. Essas duas tradições estarão reunidas no Mercado da Lagoinha (av. Antonio Carlos, 821, São Cristóvão), das 14h às 17h, nesta sexta-feira.

 

Direitos humanos

O Cine Humberto Mauro (Palácio das Artes – av. Afonso Pena, 1537) começou a exibir nesta sexta a mostra “Direitos Humanos: o mundo por vir”. Criada para marcar os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948, a seleção de filmes evidencia a relação entre o cinema e os direitos humanos. Nesta sexta, serão exibidos “O Estranho”, de Orson Welles (16h), “Terra sem Pão”, de Luis Buñuel, e “Noite e Neblina”, de Alain Resnais (18h). No sábado, tem “Cão Branco”, de Samuel Fuller (16h), “Sweet Sweetback's Baadasssss Song”, de Melvin Van Peebles (18h), e “Corra!”, de Jordan Peele (20h). No domingo, é a vez de “O Fascismo de Todos os Dias”, de Mikhail Romm (16h), “De Certa Maneira”, de Sara Gómez (18h30), e “A Cortina de Açúcar”, de Camila Guzmán Urzúa (20h).

 

Cinema e trabalho

A Fundação Municipal de Cultura (FMC) apresenta até o dia 13 de maio, no MIS Cine Santa Tereza (Praça Duque de Caxias) a mostra "Trabalho e Luta", com uma série de filmes que tratam da temática trabalhista. Nesta sexta, será exibido “Terra Vermelha”, de Marco Bechis, às 19h30. No sábado, às 19h, é a vez de “Peões”, de Eduardo Coutinho. No domingo, é a vez de “O Baiano Fantasma”, de Denoy de Oliveira, às 17h, e “O Homem que Virou Suco”, de João Batista de Andrade, às 19h.

 

Orquídeas

A Exposição Nacional de Orquídeas é a atração do Boulevard Shopping (av. Andradas, 3000) até domingo. A exposição traz para o público mais de 600 orquídeas de 40 espécies diferentes, algumas dela raras, cultivadas por orquidófilos de todo o país. Ao todo, serão 60 colecionadores e mais de 30 entidades de todo o país expondo orquídeas diversas, com florações especiais. A mostra também terá uma feira para quem quiser levar uma planta para casa.

 

SÁBADO (5)

Crianças arqueólogas

O continente mais frio do mundo não abriga só gelo! E as crianças vão se tornar arqueólogas à procura de traços históricos por esse vasto território. Com luvas, jalecos, pincéis e lupas, os pequenos vão aprender se divertindo na atividade Caça aos Vestígios na Antártica, no Espaço do Conhecimento UFMG (Praça da Liberdade, 700). A brincadeira acontece sábado, às 15h, e tem classificação indicativa de 6 anos.

 

Festival Meu Vizinho

A Praça da Liberdade recebe, neste sábado, a partir das 8h, o Festival Meu Vizinho Pardini. Entre as atrações, o inédito show em BH de A Cor do Som, banda que mistura o rock com ritmos brasileiros, além do consagrado grupo mineiro de teatro de bonecos Giramundo, e ainda um dos maiores sucessos do carnaval de BH, o Bloco Magnólia. O evento contará com área infantil, opções gastronômicas e experiências de bem-estar e cuidados com a saúde.

a cor do som

A Cor do Som é a atração principal do Festival Meu Vizinho Pardini

Basquete

O projeto Basquete Popular no Bairro acontece neste sábado no Parque Vencesli Firmino da Silva (rua dos Agrônomos, 285, Alípio de Melo). Para todas as idades e gêneros aprenderem e desenvolverem os fundamentos do basquete. Dica: usar tênis, short, camiseta e leve uma bola de basquete, se tiver. Manhã: público infantil. Tarde: público juvenil e adulto. Das 9h às 18h.

 

Festa da Quitanda

Na Vila Colonial de Cocais, em Barão de Cocais, acontece a VII Festa da Quitanda e o VI Festival da Goiabada que são realizados juntos, sábado e domingo. O distrito se torna um espaço de gastronomia, música, turismo, cultura e tradição e costuma ficar repleto de deliciosos aromas e sabores, como o de café coado na hora, acompanhado de biscoito frito no fogão a lenha e saindo do forno de barro o biscoito de polvilho. A programação inclui ainda a oficina “Modo de Fazer Goiabada Cascão”, conduzida pela mantenedora e quitandeira Maria Rita de Alcântara Martins e o concurso das quitandeiras.

 

Feira literária

O Colégio Sagrado Coração de Maria promove no sábado, das 8h às 13h, a Feira Literária: 7º Encontro Marcado. Entre os destaques da programação, o espetáculo "Belô, meu amor", em que os personagens Jojô e Palito contam a história de Belo Horizonte com muita música, alegria e diversão. A apresentação acontecerá no auditório da escola (rua Estevão Pinto, 400, Serra), a partir das 9h, com entrada gratuita e aberta ao público.

 

Feirinha Aproxima

A Feirinha Aproxima deste sábado será realizada na na rua Tomé de Souza, Savassi, das 10h às 17h. Esta edição será dedicada àquelas que fazem as melhores receitas do mundo: as mães! Vários chefs de Belo Horizonte foram convidados para fazerem receitas de família e muitas mães colocarão verdadeiramente a mão na massa durante a feirinha para dar um toque ainda mais especial ao evento. Além disso, a azeitóloga Ana Paula Beloto, colunista do Hoje em Dia, vai presentear as 100 primeiras mães que chegaram acompanhadas de seus filhos à barraca da Azeite-se com um minibolinho que é uma receita tradicional da sua família.

 

Feira no Memorial

O Memorial Minas Gerais Vale (Praça da Liberdade) abre as portas do museu para a 5ª edição da Feira do Memorial, sendo a segunda com a temática Dia das Mães. Sábado e domingo, 18 expositores irão comercializar produtos que vão de roupas, bijouterias, bolsas, tecelagem e acessórios de moda, até mosaicos, acessórios de mesa, objetos de decoração, plantas, vasos e cachepôs, entre outros. O horário segue de acordo com o funcionamento do museu: sábado, das 10h às 17h30, com permanência até 18h; e domingo, das 10h às 15h30, com permanência até 16h.

 

Sábado com libras

Em maio, o Espaço do Conhecimento UFMG (Praça da Liberdade) retoma o projeto Sábado com Libras que, a partir deste ano, acontecerá semanalmente. A primeira edição, neste sábado, permitirá que pessoas com deficiências auditivas olhem para a Lua, planetas ou estrelas. A Observação Noturna com Libras começa às 19h e tem duas horas de duração. Os visitantes surdos poderão contar com o auxílio de uma intérprete de Libras ao longo de toda a atividade.

 

DOMINGO (6)

Filarmônica

No domingo, às 11h, na Sala Minas Gerais (rua Tenente Brito Melo, 1090, Barro Preto), a Filarmônica de Minas Gerais apresenta “A elegante família das cordas”, nos Concertos para a Juventude. No programa, “Divertimento para orquestra de cordas”, de Krieger; “Adágio para cordas, op. 11”, de Barber; “Suíte Antiga”, de Nepomuceno; e “Serenata em Dó maior”, op. 48, de Tchaikovsky. A regência é do maestro Marcos Arakaki. Os ingressos podem ser retirados antecipadamente na Sala Minas Gerais.

 

Dança no Parque

O projeto Dança no Parque será realizado neste domingo, das 16h às 17h30, no Parque Rosinha Cadar (rua Rodrigues Caldas, 351, Santo Agostinho). As Danças Sagradas são utilizadas para reunir pessoas em alegres celebrações, resgatando o contato com a tradição dos povos antigos, como também para harmonização individual e grupal, integração e como instrumento de autoconhecimento. São danças de roda, recolhidas de diferentes partes do mundo em diferentes períodos.

 

Savassi

Na programação do projeto BH é da Gente – Savassi deste domingo, estão oficinas esportivas, aulão de ginástica e basquete em cadeira de rodas. Às 11h, acontece o show da banda Us Vemaguets, que faz releituras de músicas antigas com muito bom humor. No encontro das avenidas Cristóvão Colombo e Getúlio Vargas, das 9h às 13h.

 

Silva Lobo

No BH é da Gente – Silva Lobo deste domingo, acontece rua de lazer, brincadeiras tradicionais (espaço para brincadeiras tradicionais como arcos, corda e peteca) e cantinho infantil (espaço para crianças de 0 a 5 anos com brinquedos educativos que desenvolvam à coordenação e criatividade dos pequenos). Das 9h às 12h30.

 

Jogos teatrais

As crianças estão convidadas a deixarem a timidez de lado no Espaço do Conhecimento UFMG (Praça da Liberdade, 700), no próximo domingo, às 15h. Na Oficina de Jogos Teatrais, os pequenos vão se divertir com técnicas teatrais, permitindo que a imaginação voe longe. A partir de metodologias lúdicas, os participantes vão descobrir um pouco sobre o universo do teatro e seus elementos. A atividade tem duração de uma hora e meia. A classificação etária é de a partir de 6 anos. O número de vagas é limitado a 15 pessoas. Para participar, basta pegar uma senha na recepção do museu.

 

Mercado.ria

No domingo, a área externa da Sala Minas Gerais (rua Tenente Brito Melo, 1.090, Barro Preto) receberá a 6ª edição da feira Mercado.ria. O evento, organizado pela Amadoria, tem entrada gratuita e possui como principal propósito valorizar a economia local, incentivando o comércio de pequenos produtores e empreendedores locais e o consumo consciente. Neste ano, a programação foi pensada para toda a família, com atrações musicais, boa gastronomia e oficinas gratuitas. Das 10h às 18h, o público poderá conhecer trabalhos de cerca de 60 expositores/mercadores nas categorias arte, decoração, moda, cosméticos naturais e gastronomia. As crianças também terão seu espaço kids, que será coordenado pela Ti Negão Festas, com piscina de bolinhas e cama elásticas, das 11h às 17h.

 

Dose dupla de shows

O projeto Concertos Dominicais Peter Lund terá duas edições neste domingo, às 11h: na PUC Minas Barreiro e no auditório do Museu de Ciências Naturais PUC Minas, no Campus Coração Eucarístico. Pela primeira vez na Unidade Barreiro, os Concertos Dominicais terão a apresentação da Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, no auditório do prédio 5 (av. Afonso Vaz de Melo, 1.200). Já no auditório do Museu de Ciências Naturais (av. Dom José Gaspar, 290) será a apresentação do Madrigal Renascentista.

 

Cris Guerra

O Centro Cultural Banco do Brasil (Praça da Liberdade) promove a palestra "De mãe a muitas", com a escritora e blogueira Cris Guerra, no domingo, às 16h, para celebrar o Dia das Mães. A conversa coloca em destaque o crescimento pessoal proporcionado pela maternidade. Cris tornou-se mãe em circunstâncias muito particulares: seu marido faleceu antes de o filho deles nascer, quando ela estava no oitavo mês de gestação. A adversidade trouxe sofrimento, mas, acima de tudo, crescimento e transformação. Ao se ver diante de dois sentimentos intensos, opostos e simultâneos, Cris fez da linguagem sua maior aliada. Nesta palestra, relatando sua experiência de criar Francisco, Cris derruba mitos importantes associados à maternidade, mostrando principalmente a grande força gerada pelo nascimento de uma criança e pelas responsabilidades que crescem com ela.