Doce, salgado, recheado, de polvilho... O biscoito é uma paixão nacional tão grande que se criou um dia dedicado totalmente a ele, celebrado no dia 20 de julho. Antes de abrir um pacote e se permitir a degustação de um biscoito bem gostoso e crocante, confira sete curiosidades sobre essa delícia:

1) Segundo a ABIMAPI, Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados, existem hoje no mercado mais de 200 tipos de biscoito.

2) Biscoito ou bolacha? Ambas as expressões estão corretas.Ambos são produtos derivados da farinha, com coberturas, recheios, formatos e texturas diversas. A diferença está nas regiões em que os termos são usados. Em estados como SP, RS, PR, SC e AP, predomina o uso “bolacha”. Já nos estados do RJ, PE, BA e CE, é usado “biscoito”.

3) Cream cracker e água e sal: tem diferença? Na verdade, não. O que realmente muda de um tipo para o outro é a quantidade de gordura, maior no cream cracker, tornando a versão mais cremosa e crocante.

4) No ano de 2001 a marca Adria lançou as Tortinhas, conceito inédito no mercado de biscoito recheado com uma casquinha extremamente crocante e formato irreverente: foi o primeiro biscoito recheado sem tampa. Com esse lançamento a marca ingressou integralmente na categoria de biscoitos e criou um novo segmento de mercado (Tortinhas).

5) Os biscoitos tiveram início no Egito Antigo. Eles eram utilizados como oferendas aos deuses em troca de chuvas, para que assim, o solo sempre permanecesse fértil.

6) O termo bolacha vem de “bolo” (do latim “bulla”, que significa objeto esférico) com o sufixo “acha”, indicando diminutivo. A palavra holandesa “koekje” tem o mesmo significado, o que deu origem aos termos “cookie” e “cracker”.

7) Os furinhos do biscoito água e sal são estratégicos. Eles deixam o vapor escapar durante o processo de cozimento. Além disso, são responsáveis pela crocância e pelo formato achatado. A quantidade e posição dos furos irão depender do formato, tamanho e posição. Por exemplo, furos muito juntos podem gerar um biscoito mais duro e seco. Buraquinhos mais espaçados provocam bolhas na superfície do biscoito.

Fonte: Adria, marcas de massas, biscoitos e torradas