Quando o escritor e produtor cultural Leonardo Beltrão decidiu espalhar seus primeiros lambe-lambes pelas ruas de Belo Horizonte, há quase três anos, contava apenas com a vontade e a ajuda dos amigos. O que talvez ele não imaginasse era que o projeto conquistaria o público na web, se espalharia para outras cidades e se transformaria no livro-objeto “Poemas de Muro e Amor”, que será lançado nesta terça-feira no Mama/Cadela.

A obra traz o recorte das mensagens e mini-histórias espalhadas pelo projeto, batizado de #umlambepordia. “A essência destas ações é espalhar a palavra, a poesia”, conta Beltrão. É justamente por isso que, apesar de seguir o formato de um livro, a obra abre um leque para outras possibilidades. “As pessoas podem pegar as páginas e colocá-las na rua, na parede de casa. Elas podem dar vida ao lambe-lambe da maneira que quiserem”, explica o escritor, que destaca o caráter único de cada umas publicações também como um incentivo para que as produções ganhem diferentes lugares. “As páginas foram montadas de maneira aleatória para que cada exemplar seja diferente e que a gente tenha vários modelos de lambe-lambe”.

Tendo como temas regentes a cidade e o amor, a obra reúne em dez capítulos 119 produções espalhadas ao longo dos quase três anos de projeto. “Estou devolvendo para a cidade em forma de publicação um pouco do que eu espalhei”, define Beltrão.

Além do recorte de produções, “Poemas de Muro e Amor” também surge para atender a um pedido do público.“O projeto ganhou uma platéia muito grande na internet. As pessoas pediam para que eu levasse os lambe-lambes para outros lugares”, recorda. “O livro vem justamente para sacramentar isso. Acabei unindo o útil ao agradável”, afirma. Beltrão afirma que já tem livros encomendados na França, no Pará, e em Porto Alegre. “A ideia é espalhar um pouco disso”.

Poesia de Muro e Amor

OBRA – “Poemas de Muro e Amor” dá oportunidade ao público de colar os lambe-lambes por onde quiserem

Motivações

Definindo-se como militante da cultura – principalmente a literária – o escritor revela o incentivo da leitura como um de seus objetivos para começar o projeto #umlambepordia. “Vi em uma pesquisa, há uns três anos, que 70% da população não tinha lido um livro. Então, de certa maneira, a rua me inspirou a jogar algumas palavrinhas ao vento para tentar despertar o interesse das pessoas pela literatura. Quis ser um ator nesse incentivo”, conta o escritor.

Serviço: Lançamento do livro “Poemas de Muro e Amor, de Leonardo Beltrão, hoje, às 19h,
no Mama/Cadela (rua Pouso Alegre, 2048 – Santa Tereza). Entrada Gratuita.