Fernando Pessoa e seus heterônimos estão reunidos no livro “Apetece-lhe Pessoa? – Antologia Poética de Fernando Pessoa Para Ler e Ouvir” (Editora Peirópolis, 120 páginas), lançado durante o Festival Literário de Poços de Caldas (Flipoços), em maio.

Apesar de ter se materializado em livro, a seleção de poemas nasceu originalmente como um CD, gravado e produzido pelo poeta português José Jorge Letria. 

Na versão impressa, a antologia ganhou a participação da escritora brasileira Susana Ventura, que também gravou novos poemas, reunindo-os aos já escolhidos por Letria.

Além da união dos dois autores, a nova versão também reúne duas experiências – de ler e de ouvir. Através de QR Code, a obra disponibiliza a seleção em áudios gravados por Letria e Susana.

Para a autora, a escolha deste formato, faz jus à importância de Pessoa – um dos maiores poetas da língua portuguesa de todos os tempos. 

“Pessoa merece estar em todas as plataformas”, afirma ela. “Esperamos que a experiência de ler e ouvir propicie um balanço interessante para todos os que se aproximam de sua obra”, acrescenta.

Novos ângulos
Grande admiradora do poeta português, Susana conta que sua relação com Fernando Pessoa (1888-1935) vem desde a época da escola. 

“Ao longo de muitos anos eu volto a ele e releio, sempre encontrando novos ângulos de interpretação e sentindo novas emoções”, conta.

Para Susana, a obra, organizada pelas produções de Fernando Pessoa e seus heterônimos Álvaro de Campos, Alberto Caeiro, Ricardo Reis e seu semi-heterônimo Bernardo Soares, pode apresentar não apenas uma introdução ao trabalho do poeta, mas também um reencontro com suas obras.

“Essa antologia pode ser uma introdução bem como uma renovação para os que, como nós, o amamos ao longo da vida”, afirma a autora, que também vê no livro a possibilidade de compartilhamento e conversa com seu público. 

“O livro representa um momento de partilha com nossos leitores. É uma obra de escritores, que também são leitores, e compartilham com seu público, seus poemas favoritos”, define.