A editora Autêntica pretende lançar, ainda neste primeiro semestre, um livro que reúne textos e artigos sobre a arte, escritos por Ferreira Gullar em diversas épocas. São quase 100 textos, escolhidos pelo próprio poeta, morto em dezembro. O volume ainda não tem título definido.

Como ele mesmo observava: "Sei que muitos artistas têm a necessidade de expressar uma visão de mundo nem sempre feliz, nem sempre otimista. Tudo bem, mas, de minha parte, se puder escolher, prefiro a felicidade ao sofrimento, mesmo porque o belo não precisa submeter-se a nenhuma norma estabelecida. Por isso mesmo, costumo dizer que a arte é uma alquimia que transforma sofrimento em alegria, isto é, em beleza".

Será publicado também o último texto escrito (ou melhor, ditado, pois ele já estava internado na Casa de Saúde, no Rio) por Gullar, intitulado Arte do Futuro.