“Era só mais um Silva, que a estrela que não brilha”. O icônico funk de MC Marcinho traduz a realidade de Luiz Otávio da Silva, o multiartista Luiz Estrela, morto em 2013, em situação de rua, sob circunstâncias até hoje mal explicadas. 

Foi ele quem nomeou o Espaço Comum Luiz Estrela, casarão de 1913, localizado no Santa Efigênia, em Belo Horizonte, e ocupado à época da morte por artistas mineiros. Quatro anos depois, o espaço segue vivo e dando frutos: nesta sexta-feira (23), o Núcleo de Teatro estreia os primeiros espetáculos, intitulados “Escombros da Babilônia”e “Babylon Cabaret”. 

A diretora Manu Pessoa explica que “Escombros” se apoia nas bandeiras de luta de Luiz Estrela. “A ideia surgiu em 2014, quando pensávamos em fazer uma coisa mais biográfica. Depois, aprovamos o projeto no edital do Fundo Municipal de Cultura e mudamos o rumo. Agora, o espetáculo enfoca as lutas que Estrela carregava”, diz.
 
Para formar o elenco, foram realizadas oficinas divididas em cinco temas: LGBTQi, loucura, situação de rua e arte-ativismo. “Todas as 60 pessoas que responderam à convocatória e fizeram as oficinas estão no elenco. Os cinco atores e atrizes que as ministraram interpretam Luiz Estrela, cada um com sua temática”, explica, lembrando que “Escombros” acontece na rua Manaus.

Já “Babylon Cabaret” traz outra proposta. “São dois espetáculos integrados, mas independentes. Esse é um cabaré, que faremos dentro do pátio do casarão, logo após o ‘Escombros’, mas com uma outra pegada”, afirma Pessoa, ressaltando que o cabaré é para maiores de 18 anos e que a entrada é mediante doação de agasalhos para pessoas em situação de rua. 

Para a diretora, os espetáculos, que contam com não atores no elenco, mostram a potência do Espaço Comum Luiz Estrela em tornar-se, entre outros polos artísticos, uma escola livre de teatro. “É muito rico trabalhar com a diversidade, com gente de diferentes tipos, unidas pela vontade criar. Queremos continuar recebendo e transformando pessoas”, conclui.

Serviço: 
“Escombros da Babilônia” e “Babylon Cabaret”. Hoje, amanhã, domingo e sexta-feira que vem, a partir das 19h30, no Espaço Comum Luiz Estrela (rua Manaus, 348, Santa Efigênia). Entrada franca.