Oh Lucy! pode ser visto como aquele espécime cinematográfico agridoce, comédia que vira drama e vice-versa. Uma parte tempera a outra e a graça (o sabor) reside na mistura de registros. O filme, escrito e dirigido por Atsuko Hirayanagi, tem como protagonista Setsuko (Shinobu Terajima), mulher que vive seu cotidiano tedioso trabalhando em um escritório de Tóquio.

Tudo muda quando a sobrinha de Setsuko, uma garçonete bonitona, pede a ela que a substitua num curso de inglês já pago. Setsuko vai à escola e então conhece o professor de inglês (Jash Hartnett), dono de método pedagógico original. Para estimular a imersão na língua, ele pede que os alunos assumam uma identidade provisória em inglês. Com direito a peruca loira e tudo mais. Assim nasce Lucy, avatar de Setsuko, que começa a balbuciar as primeiras palavras no idioma de William Shakespeare.

Inesperada, afetuosa e original, esta comédia de travo amargo parece atenta para a fragilidade humana. Que pode fazer rir tanto quanto chorar.