As várias camadas da relação de um casal de artistas – que divide não só a vida, mas também o palco – são colocadas em cena e desvendadas no espetáculo “Suave Coisa Nenhuma”, que estreia amanhã no Sesc Palladium e fica em cartaz até domingo. 
 
Trazendo à tona uma discussão sobre o abuso nos relacionamentos, a peça acompanha o próprio contexto atual, em que o tema tem sido cada vez mais debatido, principalmente nas redes sociais. 
 
“Fizemos uma grande pesquisa, ficamos com o olhar aberto. Esse é um assunto que começou a ser discutido há pouco tempo”, afirma o ator Henrique Cordoval. 
 
Além da recente discussão, o desejo de levar o tema para o palco surgiu de uma constatação feita pelo artista e companheiros de equipe. “Somos um grupo, um coletivo de amigos, e em nossas conversas diárias fomos identificando que todo mundo ali já tinha passado por um nível de relacionamento com abuso”, lembra o ator.
 
A vontade de trabalhar o assunto se materializou inicialmente na cena curta “Last Dance”, que estreou em Belo Horizonte no ano passado. “Viajamos bastante com a produção e o nossa desejo de falar mais sobre o tema foi aumentando, por isso criamos o espetáculo. A gente queria ampliar a discussão, falar do relacionamento amoroso, do familiar, da relação no trabalho”, explica. 
 
Cordoval destaca que o espetáculo mistura experiências pessoais da equipe e relatos de outras pessoas. “A Lorena Tófani, que está em cena comigo, participa de um grupo secreto no Facebook e lá as meninas se abriram para ela, contaram experiências. Essa pesquisa individual e pessoal dela também trouxe muitas coisas para a peça”. 
 
Serviço: Espetáculo “Suave Coisa Nenhuma”, amanhã e sábado, às 20h, e domingo, às 19h, no Sesc Palladium (Av. Augusto de Lima, 420 – Centro). Ingressos: R$ 5 (meia). Mais informações: 3270 8100