A promessa é aliar a arte ao entretenimento. Por isso, a festa “Picadeiro”, como o próprio nome sugere, leva toda a atmosfera de um circo para o Samba de Quadra na próxima quarta-feira, véspera do Dia das Crianças.

A escolha da data não foi por acaso. Victor Tarabal, produtor da “Picadeiro”, conta que a ideia de transportar o universo circense para a festa teve inspiração no feriado. “Como a festa acontece na véspera do Dia das Crianças, resolvemos trazer essa ligação com o circo”, diz. “Nossa função é fazer uma grande brincadeira, um grande evento com shows de qualidade. É uma festa para as pessoas poderem voltar a ser crianças”.

Tarabal conta que o evento, que acontece pela primeira vez na capital, surgiu do desejo de trazer uma atração diferente para a cidade. “Como eu costumo ir a muitos eventos em Belo Horizonte, notei que eles estavam muito iguais, então vi a necessidade de produzir algo diferenciado”, afirma.

O produtor reforça que um dos objetivos do evento é sempre valorizar a produção cultural de Belo Horizonte. “A cidade tem talentos o suficiente. Não precisamos trazer gente de fora”, pontua.

Programação

Além da decoração e dos artistas circenses, o evento promete reunir os mais variados tipos de música. Na “Picadeiro”, sobem ao palco o bloco Então, Brilha, a cantora Suelen Araújo, a Banda do Marcão, além dos DJs Ellen Viber, Victor Tarabal e Hellen Saff. “Nossa ideia é reunir um público diverso e trazer diferentes estilos musicais. Mas sempre com uma pegada brasileira”, ressalta o produtor.

Próximas edições

O pontapé vai ser dado com o circo, mas Tarabal garante que a ideia é continuar com a festa sempre mantendo a forte ligação com a arte. “Queremos produzir o evento a cada 45 dias, sempre com uma temática artística diferente”, conta ele, que adianta: “Na próxima edição, estamos pensando em fazer uma festa à fantasia”.

Serviço: Festa Picadeiro, quarta-feira, às 22h, no Samba da Quadra (Rua Gentios, 1415 – Coração de Jesus), Ingressos podem ser comprados no Sympla, R$ 25.