A 5ª edição da Mostra de Teatro Tiradentes em Cena coloca no palco e na pauta a diversidade, as diferenças e principalmente a tolerância. Utilizando a arte como instrumento de discussão e diálogo, o evento, todo gratuito, começa hoje na cidade histórica mineira, a 190 quilômetros de Belo Horizonte. Até o dia 27, serão mais de 20 espetáculos, além de exposições, oficinas, shows e rodas de conversas com convidados da área cultural.
Celebrando a diversidade não apenas nos temas que coloca em debate, mas também nos variados estilos e gêneros presentes na programação, a mostra acontece em diferentes espaços da cidade. 
 
“É um festival para ocupar as ruas”, define Aline Garcia, uma das idealizadoras do evento. 
 
Ela conta que, apesar de difícil, a escolha do tema seguiu o próprio desejo da equipe. “Nesta edição, a gente queria falar sobre a diversidade, as diferenças. Sobre o exercício de respeitar o outro, suas escolhas e opiniões”, conta Aline, que ressalta o caráter não passivo da tolerância, característica que motivou a palavra tema da mostra: “Tolerare”.
 
"Ser tolerante, não é ser passivo. É exatamente o contrário. É lutar, é combater, discutir, e nada melhor que a arte para trazer essa discussão”, avalia.
 
Destaques
Além da estreia nacional da peça “T.R.A.N.S – Terapia de Relacionamentos Amorosos Neuróticos Sexuais”, estrelada por Thammy Miranda, a mostra, que tem como homenageados o ator, diretor e teatrólogo Amir Haddad e o multiartista Maurício Tizumba, abraça a diversidade e a discute.
 
Questões atuais como a intolerância religiosa e a imigração fazem parte da programação e são trazidas à discussão no espetáculo do grupo Brimas, apontado por Aline como um dos destaques do evento. A violência contra a mulher também entra no debate e ganha o palco no premiado espetáculo “Rosa Choque”, do coletivo Os Conectores.