Três pessoas são escaladas para trabalharem juntas em uma sessão eleitoral na escola onde estudaram quando jovens. Lá, eles se reconhecem e descobrem que foram amigos há anos. Desta forma começa o espetáculo “Segunda Chamada”, em cartaz de hoje a domingo no Galpão Cine Horto.

Voltado para o público jovem, a peça coloca em pauta questões como racismo, sexualidade e até mesmo a política nas escolas, através dos movimentos estudantis. “Entramos nesses assuntos através das memórias dos adultos. Ter esse olhar, nos ajuda a trazer uma análise dessas situações”, pontua o diretor Chico Pelúcio.

Ele destaca a necessidade não só de uma produção voltada para adolescentes, mas também a discussão dos temas com esse público. “É importante trazê-los para o teatro e através dele provocar reflexões, promover perguntas e pensamentos sobre a realidade desses jovens, que normalmente recebem essas informações de forma muito superficial no mundo midiático que elas vivem”, afirma.

Para reforçar a comunicação direta com os adolescentes, a peça lança mão de diversas estratégias, dentre elas a música e o vídeo. “É um espetáculo muito bem humorado, tratamos de assuntos pesados, mas sem fazer drama sobre isso”, explica Pelúcio.

Serviço: “Segunda Chamada”, de hoje a domingo, às 20h no Galpão Cine Horto (rua. Pitangui, 3613 – Horto). Ingressos: R$ 11 (antecipados); R$ 15 (meia), R$ 30 (inteira)