A abertura da temporada de concertos da Fundação Clóvis Salgado acontece apenas no final do mês (nos dias 27 e 28), mas já dá para ter um gostinho do que vem por aí. Isso porque hoje e amanhã a Orquestra Sinfônica e o Coral Lírico de Minas Gerais se apresentam no Grande Teatro do Palácio das Artes. Com entrada gratuita, as apresentações, que fazem parte da série “Sinfônica e Lírico ao Meio-Dia”, são o primeiro contato do corpo artístico com o público na temporada. 

O maestro Silvio Viegas destaca a importância da série. “É um programa onde posso conversar com o público, mostrar detalhes da orquestra”, explica. “Esse trabalho de aproximação e divulgação da música clássica é fundamental. O público é tudo para a gente, então esse tipo de concerto é o mais importante que temos”, afirma. 

A valorização da audiência também fica evidente no repertório escolhido, que leva para o palco obras de sucesso, como as óperas “Carmen”, de Georges Bizet, e “Nabucco”, de Giuseppe Verdi; trecho do “O Lago dos Cisnes”, de Tchaikovsky e do oratório “Messias”, de Händel. “Tivemos pouco tempo de ensaios, então escolhi obras que já estão no nosso repertório e que são de agrado do público”, afirma Viegas. “É uma seleção que mostra também o universo que temos para oferecer, com obras de épocas e compositores diferentes”. 

Serviço: Sinfônica e Lírico ao Meio-Dia – Esquentando os Tamborins, às 12h, no Grande Teatro do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro). Entrada gratuita.