Um site permite, desde esta quinta-feira, examinar com lupa vinte grandes obras do pintor "primitivo" flamengo Jan Van Eyck, graças a milhares de fotografias coloridas de altaresolução, ao infravermelho e a imagens de raios-X.

O site (http://closertovaneyck.kikirpa.be) está dirigido principalmente aos pesquisadores ou estudantes,
mas permite também ao grande público escrutar em detalhes as pinturas de Jan Van Eyck, entre elas o famoso
Retábulo de Ghent, também chamado de "Adoração do Cordeiro Místico".
   
Com a ajuda do mouse, o internauta pode ampliar a imagem até níveis impensáveis, de modo a apreciar as variações sutis de cor e as marcas que o tempo deixou nas pinturas."Até agora, a observação mediante microscópio era um privilégio excepcional, reservado a alguns
restauradores e conservadores de museus.
O fato de que o mundo inteiro tenha acesso a esta qualidade de imagem é uma revolução", explicou Bart Fransen,
responsável do projeto no Real Instituto de Patrimônio Artístico (IRPA) de Bruxelas, à agência Belga.