Uma coleção de telas e objetos que pertenceram ao pintor francês Claude Monet foi leiloada por 11 milhões de dólares em  Hong Kong, incluindo seus óculos, que foram vendidos por mais de 50 mil dólares, anunciou a Christie's.

O leiloeiro não informou a identidade do asiático que comprou por 51.457 dólares os delicados óculos, avaliados entre 1.000 e 1.500 dólares.

Esta venda incluía um certo número de objetos raros, como um croquis em lápis do pintor e impressões japonesas sobre  madeira procedentes da coleção pessoal do artista.

No total, esses objetos, que pertenceram ao mestre do impressionismo (1840-1929), foram comprados por 10,99 milhões de dólares.

O recorde para um quadro de Claude Monet foi alcançado em novembro de 2016 com "Almiar", que faz parte de uma série pintada pelo artista no período 1890-1891 em sua casa na Normandia, noroeste da França.

O quadro foi vendido por 81,4 milhões de dólares em um leilão organizado pela Christie's em Nova Iorque.

Leia mais:
Parte do acervo de João Havelange será leiloado no Rio de Janeiro
Documento de divórcio entre Elvis e Priscilla Presley é leiloado por R$ 85,8 mil
Peças do figurino da saga 'Crepúsculo' serão leiloadas na internet