Um ciclista, de 19 anos, foi atropelado e morto na noite deste sábado (11) no bairro Jardim Paquetá, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o motorista do carro, de 23 anos, apresentou sinais de embriaguez, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro.

O acidente aconteceu na rua Póvoa de Varzim, 180. De acordo com testemunhas, um Fiat Uno ultrapassou pela mão contrária da via em alta velocidade e chocou-se frontalmente com o ciclista. O condutor afirmou à PM que não percebeu a presença da vítima ao fazer a ultrapassagem. Com a batida, o ciclista foi arremessado ao alto, caiu e morreu. 

Segundo a corporação, o veículo estava com Licenciamento Anual atrasado. O automóvel foi removido e foi aberto Auto de Infração de Trânsito contra o motorista. Apesar dos sinais de embriaguez, a PM informou que o jovem não quis fazer teste com etilômetro. Ele afirmou que havia bebido uma cerveja na manhã do sábado. 

De acordo com a PM, O motorista foi encaminhado para Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG). Nesta manhã, a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) informou que o condutor foi encaminhado para o Centro de Remanejamento Prisional (Ceresp) no bairro Gameleira, na Região Oeste da capital mineira.