O América tem um elenco recheado de jovens como Auro, Messias, Pará, Gustavo Blanco e Matheusinho. Um dos atletas mais experientes do time, porém, é quem vem se destacando no aspecto físico. Aos 31 anos, Gerson Magrão deve completar a décima partida seguida neste domingo (5), às 18h30, contra o Uberlândia.

Após a sequência de oito jogos em 25 dias que gerou baixas por lesão ou desgaste muscular, o meia é o único jogador de linha com participação em todos os compromissos oficias do Coelho em 2017, ao lado do goleiro João Ricardo.

Sobre o confronto direto da sexta rodada, no Independência, o armador reconhece que a equipe da capital precisa apresentar um melhor rendimento se quiser mesmo voltar ao G-4 do Campeonato Mineiro.

Leia mais:
Coelho ganha reforços na defesa para tentar voltar ao G-4 do Mineiro diante do Uberlândia

“Acho que o América ainda não está no ponto ideal. Tem muito para ser melhorado. Mas teremos duas ou três semanas ‘cheias’, com jogos só nos fins de semana, então agora temos a oportunidade de acertar as coisas”, avalia Magrão, um dos destaques na vitória por 2 a 0 sobre o Tombense, no último passado.

O time do Triângulo Mineiro aparece duas posições à frente do Coelho, com um ponto a mais na tabela. Por isso, o time do técnico Enderson Moreira precisa da vitória para entrar na zona de classificação sem precisar “secar” a URT na rodada.

“Vamos pegar um concorrente direto, que vem fazendo uma boa campanha. Então, temos que fazer valer o mando de campo”, completou o vice-artilheiro do América, com dois gols na temporada.

FICHA DO JOGO

AMÉRICA - João Ricardo; Auro, Rafael Lima, Renato Justi (Messias) e Pará; Ernandes, Gerson Magrão, Tony e Renan Oliveira; Felipe Amorim (Marion) e Hugo Almeida. Técnico: Enderson Moreira

UBERLÂNDIA - Thiago Braga; Cesinha, Mauro Viana, Robinho e Vandinho; João Paulo, Rodney, Alê e Diego Peixoto; Jefersom Berger e Shumacher. Técnico: Paulo Cezar Catanoce

DATA E HORÁRIO - Domingo (5/3), às 18h30

LOCAL - Arena Independência, em Belo Horizonte

ARBITRAGEM - Marco Aurélio Fazekas, auxiliado por Márcio Santiago e Marcyano Vicente

TRANSMISSÃO - Premiere