Pela segunda partida seguida, no Campeonato Francês, o zagueiro Jemerson apareceu com destaque no ataque do Monaco, com dois gols. E neste domingo (13), diante do Dijon, o defensor revelado pelo Atlético e vendido ao Principado no ano passado fez uma pintura. 

Aos 25 minutos de um jogo que ainda transcorre (começou às 12h de Brasília), Jemerson recebeu cruzamento de João Moutinho, de escanteio. Viu a bola passar na parte traseira da linha do seu corpo e, de forma elástica, balançou as redes de bicicleta. Golaço de uma vitória parcial de 3x1.

A terceira maior venda da história do Atlético (11 milhões de euros), atrás apenas de Bernard e Lucas Pratto, vem se destacando no Monaco. Após ser semifinalista da Liga dos Campeões, participar de um time que venceu o Francesão na temporada passada com um ataque arrassador, o camisa 5 começa a nova jornada em alta, tendo também feito gol na 1ª rodada, contra o Toulouse.

Ainda sim, batalha para ser lembrado pelo técnico Tite na Seleção Brasileira. O comandante do time nacional, inclusive, foi bastante criticado na última convocação por chamar o zagueiro Rodrigo Caio (São Paulo), em temporada abaixo da capacidade, e esquecer de outros nomes, como o do gremista Geromel. 

Enquanto Jemerson faz um golaço para renovar sua avaliação na CBF, Rodrigo Caio falhou de forma clamorosa na partida entre São Paulo e Cruzeiro. O Monaco vai vencendo o Dijon por 3 a 0, com outros dois gols de Radamel Falcao.