A Uefa divulgou nesta quinta-feira (9) os candidatos aos prêmios de melhores da última edição da Liga dos Campeões da Europa, que serão distribuídos por posições, e indicou dois brasileiros entre os finalistas: o goleiro Alisson e o lateral-esquerdo Marcelo. Já Neymar não ficou nem entre os dez atacantes mais votados.

O Real Madrid, que conquistou o terceiro título consecutivo da Liga dos Campeões na temporada passada, dominou a lista de indicados. São seis jogadores do atual elenco, agora dirigido por Julen Lopetegui, além de Cristiano Ronaldo, que recentemente trocou o time espanhol pela Juventus.

Alisson, que na temporada passada se destacou na semifinalista Roma e recentemente foi contratado pelo Liverpool, é um dos três goleiros indicados, ao lado de Buffon, que trocou a Juventus pelo Paris Saint-Germain, e Navas, do Real Madrid. Os três jogadores indicados ao prêmio de melhor defensor do time espanhol, são, além de Marcelo, Sergio Ramos e Varane os outros concorrentes.

Na disputa de melhor meio-campista, Kevin de Bruyne, do Manchester City, disputa com dois nomes do Real Madrid: Kroos e Modric. Já os atacantes indicados ao prêmio são Cristiano Ronaldo, Salah e Messi.

Além de anunciar os finalistas, a Uefa também revelou os jogadores que ficaram entre os dez mais votados de uma comissão composta pelos técnicos dos 32 times participantes da Liga dos Campeões e um grupo de 55 jornalistas.

Três brasileiros ficaram entre a quarta e a décima posição. São os casos de Ederson, do Manchester City, o sexto colocado entre os goleiros, Casemiro, do Real Madrid, o quarto melhor meio-campista, e Roberto Firmino, do Liverpool, que ficou na sétima posição entre os atacantes.

A cerimônia de entrega desses prêmios e do de jogador do ano ocorrerão em 30 de agosto, mesma data do sorteio dos grupos da próxima edição da Liga dos Campeões, em evento marcado para Montecarlo.