O América encara o Criciúma nesta sexta-feira (26), às 19h15, em Santa Catarina, tentando evitar o seu pior início de Série B na Era dos Pontos Corridos, considerando-se o recorte das três primeiras rodadas.

Após dois empates (diante de um Náutico desfigurado, na Arena Pernambuco, e de um Goiás que fez de tudo para ser derrotado no Independência), o time do técnico Enderson Moreira vai em busca de uma vitória que o tire da parte de baixo da classificação.

Um consolo para o Coelho é que as campanhas dos dois últimos acessos do clube, ambas já neste sistema de disputa, começaram justamente sem vitórias nas duas primeiras rodadas, mas quebrando o jejum na terceira (veja os gráficos abaixo).

Em 2010, o Coelho empatou as duas primeiras partidas e, na sequência, venceu outro time catarinense, o Figueirense. Os dois empates nas rodadas iniciais não impediram o acesso, pois o time mineiro terminou na quarta colocação e se garantiu na Primeira Divisão do ano seguinte.

Outra boa lembrança é a de 2015. O América marcou apenas um ponto nas duas primeiras rodadas, mas depois goleou o Santa Cruz por 4 a 1 e arrancou para ficar novamente com a quarta colocação e uma vaga na Série A de 2016.

Para arrancar rumo a um novo acesso, o América aposta no atacante Bill, artilheiro da competição no ano passado, pelo Ceará, com 15 gols. Ele passou em branco na estreia, contra o Goiás, mas durante esta semana prometeu o primeiro gol em entrevista ao site Globoesporte.com.

“Desde já, eu vou começar a fazer gol. Já nesse jogo (Criciúma), acho que tenho a capacidade de fazer gol. Vou chegar lá, fazer meu trabalho e ajudar o América a conquistar esses três pontos”, afirmou.

Uma novidade no time deverá ser o lateral Norberto (ex-Vitória), já regularizado na CBF. Por outro lado, o volante Juninho é desfalque, por lesão muscular na coxa direita. O meia Gérson Magrão, com desgaste muscular, também não viajou com a delegação.

Comandado pelo técnico Deivid (ex-Cruzeiro), o Criciúma vive um momento de pressão, pois é o único time que ainda não pontuou e ocupa a lanterna, já que foi derrotado nas duas primeiras rodadas, por Santa Cruz (2 a 1), em casa, e Oeste (1 a 0), em Barueri.

No ano passado, o América derrubou Deivid em Minas, ao eliminar a Raposa nas semifinais do Campeonato Mineiro. Agora, o Coelho pode provocar novo trauma ao ex-atacante em seu início como treinador.

Clique para ampliar