O América vai se manter líder isolado por mais uma rodada no Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta sexta-feira o Coelho empatou por 1 a 1 com o Goiás, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, pela 21.ª rodada. Com isso, o time mineiro atinge os 40 pontos e fica quatro na frente do vice-líder Internacional, que jogará neste sábado.

O Goiás empatou pela segunda vez seguida porque vinha de igualdade fora com o Figueirense, também por 1 a 1. Sem vencer há quatro rodadas, segue em posição perigosa, com 25 pontos, em 15.º lugar.

Este foi o quarto jogo sem público do time goiano, punido por briga de sua torcida no clássico contra o Vila Nova. Mas, dentro de campo, a principal baixa foi do América, que teve no período da tarde a suspensão do atacante Bill por nove jogos devido uma briga de socos e tapas com o atacante Zé Carlos, do CRB, também punido pelo STJD.

O início do primeiro tempo foi equilibrado e só esquentou após os 32 minutos, quando Carlos Eduardo chutou forte e Messias aliviou para o time mineiro. Os goianos ameaçaram de novo aos 33, quando Pedro Bambu entrou na área pelo lado direito e bateu forte. A bola tocou na trave e saiu.

Mas quem saiu na frente foi o América, aos 37 minutos. Renan Oliveira cobrou escanteio em curva e Luan subiu bem para testar com força. Quinto gol dele na competição. Mas o Goiás empatou aos 44, em um bate-rebate na grande área. Após levantamento, a defesa não aliviou e a bola ficou com Carlos Eduardo. Ele tentou duas vezes até chutar em direção ao gol. O zagueiro Rafael Lima salvou na pequena área, mas a bola tocou em suas pernas e ia entrando. O goleiro João Ricardo salvou em cima da linha, mas na tentativa de aliviar mandou a bola em cima de Gustavo.

No começo do segundo tempo, o Goiás sofreu uma baixa. Victor Bolt segurou Matheusinho pela camisa e levou o segundo cartão amarelo, sendo expulso aos dois minutos. Mesmo com um jogador a menos, o time goiano se reorganizou bem, fechando a marcação no meio de campo na espera de uma jogada de velocidade no ataque.

Em um contra-ataque quase que o time mineiro desempatou. Matheusinho lançou Hugo Almeida, que deu um corte no marcador e bateu de pé trocado. A bola, caprichosa, tocou na trave direita e não entrou aos 21 minutos.

A trave voltou a salvar o Goiás aos 36 minutos, quando o zagueiro Lima cobrou falta sobre a barreira e o goleiro Marcelo Rangel só ficou olhando a bola.

Os últimos minutos foram de pressão mineira. No final, o empate agradou a todos. O Goiás, pelas circunstâncias, por ter um jogador a menos, e o América por se manter na liderança isolada e seguindo a sua meta de buscar o acesso à elite nacional.

Os dois times voltam a campo nesta terça-feira. O Goiás vai sair diante do Brasil-RS, em Pelotas (RS), às 19h15, enquanto que o América vai receber o Criciúma, no estádio Independência, em Belo Horizonte, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 x 1 AMÉRICA

GOIÁS - Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Matheus Ferraz, Alex Alves e Carlinhos; Willians (Léo Sena), Victor Bolt, Ramires e Andrezinho (Péricles); Carlos Eduardo e Gustavo (Aylon). Técnico: Argel Fucks.

AMÉRICA - João Ricardo; Zé Ricardo (David), Rafael Lima, Messias (Lima) e Giovanni (Pará); Ernandes, Juninho, Renan Oliveira e Matheusinho; Luan e Hugo Almeida. Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Luan, aos 37, e Gustavo, aos 44 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS - Alex Alves e Pedro Bambu (Goiás); Renan Oliveira e Zé Ricardo (América).
CARTÃO VERMELHO - Victor Bolt (Goiás).
ÁRBITRO - Marielson Alves Silva (BA).
RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.
LOCAL - Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO).