O América conquistou a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira (26). De virada, o Coelho venceu o Criciúma por 3 a 1, no estádio Heriberto Hülse, e aliviou a pressão sobre o técnico Enderson Moreira após dois empates nas primeiras rodadas. Por routro lado, essa foi a terceira derrota do time catarinense em três jogos, o que deixou o técnico Deivid ainda mais ameaçado no cargo.

Em duelo marcado pela forte chuva que caiu em Criciúma, os dois times protagonizaram um primeiro tempo bastante aberto. Com o apoio da torcida, o mandante criou duas boas oportunidades, mas o América foi melhor e teve três chances de sair na frente. Os goleiros apareceram bem para segurar o 0 a 0 até o intervalo.

Logo no início do segundo tempo, contudo, o Criciúma abriu o placar. Após cobrança de falta, a bola bateu na mão de Luan e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Zé Roberto deslocou o goleiro João Ricardo, bateu no canto esquerdo e marcou.

A vantagem fez com que o Criciúma recuasse e deixasse espaço para o visitante, que cresceu e teve mais posse de bola, mas só conseguiu empatar aos 30 minutos: Ruy recebeu livre nas costas da defesa, passou por Luiz e, com o gol livre, deixou tudo igual.

Nos minutos finais, em erro na saída de bola, o time mineiro aproveitou para virar quando Hugo Cabral desarmou e acertou a trave. No rebote, Renan Oliveira apareceu livre para fazer o segundo. Com pouco tempo restando, o Criciúma não teve forças para reagir e ainda viu Bill, de pênalti, já nos acréscimos, fechar o placar em 3 a 1.

Pela quarta rodada da Série B, os dois times voltam a campo na próxima semana. O América recebe o Paysandu na sexta-feira, no estádio Independência, às 19h15. Já o Criciúma joga no dia seguinte contra o Luverdense, fora de casa, às 16h30.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 1 x 3 AMÉRICA-MG

CRICIÚMA - Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto (Ricardinho), Douglas Moreira e Jocinei (Erick Flores)(Alex Maranhão); Caio Rangel, Zé Roberto e Fabinho Alves. Técnico: Deivid.

AMÉRICA-MG - João Ricardo; Norberto, Rafael Lima, Messias e Ernandes; Gustavo Blanco, Zé Ricardo, Felipe Amorim (Renan Oliveira) e Ruy (Mike); Bill e Luan (Hugo Cabral). Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Zé Roberto (pênalti), aos 3, Ruy, aos 30, Renan Oliveira, aos 42, e Bill (pênalti), aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Jocinei (Criciúma); Ernandes, Gustavo Blanco, Messias e Norberto (América-MG).

ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).

RENDA - R$ 38.870,00.

PÚBLICO - 2.075 pagantes.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).