Rafael Moura pode, enfim, realizar o desejo de retornar ao Atlético, local que chamou de casa, mas que foi descartado há 13 anos, numa época em que o Galo brigava na parte de baixo da tabela. 

Revelado pelo alvinegro em 2003, o He-Man fez apenas dois jogos no time profissional. Um naquele ano e outro num empate em 1 a 1 contra o Vitória, no Brasileirão 2004. Se naquele ano o Galo lutou para não ser rebaixado, em 2017 a tendência é completamente oposta. E Rafael revela a satisfação de voltar em outro contexto.

"Feliz de retornar à casa. Rever velhos companheiros e funcionários, todo mundo. E com grande expectativa de fazer um grande ano. O Atlético tem grande elenco, grande comissão técnica e realmetne temos que pensar em algo grande,. Vamos correr e trabalhar muito para isso", disse o atacante, à TV Galo.

O jogador, entretanto, terá de correr bastante para conquistar uma vaga de titular no time de Roger Machado. O treinador alvinegro conta com dois centroavantes de peso: Lucas Pratto e Fred.