Sem chances na equipe principal do Cruzeiro, o goleiro Lucão se despediu do clube celeste na última quarta-feira. Após rescindir de forma amigável o seu contrato, que tinha validade até dezembro de 2018, o jogador pode se mudar para a Europa. 

Segundo apurou o Hoje em Dia, há negócios em andamento para que o atleta jogue em um clube português ainda neste ano. As definições devem acontecer nos próximos dias. 

Com 20 anos, Lucão deixa o Cruzeiro quase uma década após ter chegado ao clube. Fato que ele ressaltou em sua “carta de despedida”. 

“Foram 8 anos defendendo esta camisa. Literalmente defendendo. Vivi experiências incríveis neste lugar, jamais esquecidas. Fiz amizades excepcionais, joguei com pessoas de talento ímpar, fui treinado pelos melhores e aprendi muito. Jogar aqui foi certamente um divisor de águas na minha vida e independente de qualquer coisa, nunca esquecerei onde tudo começou. Quem sabe um dia ainda volto para realizar o sonho de defender esta camisa diante do Mineirão lotado. Obrigado, Cruzeiro!”, postou em sua rede social. 

Revelado pelo Cruzeiro, Lucão foi o melhor goleiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 2016. 

O goleiro foi promovido ao time principal da Raposa em fevereiro de 2016, justamente após o título pessoal de melhor atleta de sua posição no maior torneio de futebol de base do Brasil.

Lucão era a quarta opção no elenco de Mano Menezes, atrás de Fábio, Rafael e Lucas Franca. Vítor Eudes, promovido ao grupo principal no começo deste ano, deixou Lucão ainda mais sem espaço.