O volante Arouca esteve perto de vir ao futebol mineiro em um passado recente. E a história se repete, com outras cores. Ao invés do Cruzeiro (que o quis em 2015), o jogador de 30 anos se aproxima do rival Atlético. Em busca de volantes, o Galo negocia com o Palmeiras para tentar a liberação de Arouca.

Na quarta-feira passada (27), o Atlético perdeu Leandro Donizete e Junior Urso de uma vez só. Ficou apenas com Rafael Carioca e Lucas Cândido, além do lesionado Yago. Arouca seria um dos três nomes que o Galo estuda trazer para reposição, sendo que é o mais avançado. O jogador gostaria de fechar um contrato de três anos com o alvinegro, enquanto duas temporadas é o tempo que o Atlético gostaria de fechar. É preciso ainda entrar em acordo com o Palmeiras para a liberação.

O time paulista investiu cerca de R$ 1,4 milhão para tirar Arouca do Santos. Este valor era uma dívida que o clube tinha com o volante, referentes a pagamentos atrasados. Dos 100% dos direitos econômicos do jogador, 40% são do Palmeiras, 40% do Santos e 20% de um grupo de investidores formados por torcedores santistas. 

Porém, o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, em contato com o Hoje em Dia, negou qualquer negociação envolvendo Arouca e Atlético.

O jogador, que permaneceu na condição de reserva do time campeão brasileiro 2016, deve sair mesmo do Palmeiras após duas temporadas no Verdão. Contratado através de problemas judiciais com o Santos, Arouca chegou ao Palmeiras mas teve queda de rendimento. No Atlético, porém, teria território, no panorama atual, para tentar recuperar o prestígio e o rótulo de um dos melhores da posição no país.

SPORT
Arouca não é desejado apenas pelo Atlético. Ele já teve o nome ligado ao Bahia, que o descartou. Agora, é a vez do Sport despertar interesse no jogador. O Leão irá vender o lateral-direito Samuel Xavier ao Palmeiras e pretende levar três jogadores da equipe alviverde por empréstimo. Entre eles, Arouca estaria no "pacote".