ENVIADO ESPECIAL

RIO DE JANEIRO - Numa decisão em que o técnico do Flamengo, o colombiano Reinaldo Rueda, que assumiu o time nas semifinais, diante do Botafogo, tenta ser o primeiro estrangeiro a conquistar a Copa do Brasil como treinador, o gringo a roubar a cena na partida de ida da decisão, na última quinta-feira (7), no Maracanã, foi o uruguaio Arrascaeta, do Cruzeiro.

Aproveitando uma falha do goleiro Thiago, já no final da partida, para empatar o confronto de ida, o camisa 10 cruzeirense se tornou o oitavo jogador estrangeiro a marcar em decisões de Copa do Brasil. E curiosamente, essa história começa justamente numa final entre Cruzeiro e Flamengo, em 2003, quando o colombiano Aristizábal fez, de cabeça, o segundo gol cruzeirense na vitória por 3 a 1 que garantiu a taça ao time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo no ano da Tríplice Coroa azul.

A lista que Arrascaeta passa a integrar, conta ainda com o chileno Valdívia (Palmeiras), os argentinos Herrera (Corinthians) e Dátolo (Atlético), o uruguaio Acosta (Corinthians) e os equatorianos Bolaños (Grêmio) e Cazares (Atlético), que fizeram os gols no jogo de volta da final do ano passado, em Porto Alegre, quando o tricolor gaúcho levantou a taça.

O gol no Maracanã fez Arrascaeta chegar mais perto de Montillo na lista dos maiores goleadores estrangeiros da história do Cruzeiro. Foi seu 32º, contra 36 do argentino, que defendeu a Raposa entre 2010 e 2012 e ocupa o terceiro lugar na relação.

À frente dos dois estão o espanhol Fernando Carrazo, com 44 gols, e o boliviano Marcelo Moreno, com 45.

Além de Arrascaeta, o Cruzeiro deve ter na partida de volta, no Mineirão, o volante argentino Lucas Romero, que se recupera de uma lesão no tornozelo direito, sofrida no jogo da ida das semifinais contra o Grêmio, em Porto Alegre, em 16 de agosto, em Porto Alegre. Por causa deste processo, ele nem ficou com a delegação do Cruzeiro, que segue no Rio de Janeiro para viajar amanhã para Chapecó, onde o time encara a Chapecoense, neste domingo (10), às 19h, pelo Campeonato Brasileiro.

Romero seguiu para Belo Horizonte onde dará prosseguimento ao seu tratamento no tornozelo direito. Agora, com mais 20 dias, são grandes as chances de ele ter condições de participar da volta, dia 27, no Mineirão.

Neste confronto de 27 de setembro, no Mineirão, Arrascaeta terá a chance de ser o primeiro estrangeiro a marcar em dois jogos decisivos de Copa do Brasil. Isso é o que a China Azul mais espera.
 

OS GOLS GRINGOS NA FINAL DA COPA DO BRASIL

ANO

JOGO

DATA

PLACAR

LOCAL

GOL GRINGO

2003

Volta

11/6

Cruzeiro 3 x 1 Flamengo

Mineirão

Aristizábal (Cruzeiro)

2008

Ida

4/6

Corinthians 3 x 1 Sport

Morumbi

Herrera e Acosta (Corinthians)

2012

Ida

5/7

Palmeiras 2 x 0 Coritiba

Arena Barueri

Valdívia (Palmeiras)

2014

Ida

12/11

Atlético 2 x 0 Cruzeiro

Independência

Dátolo (Atlético)

 

Volta

7/12

Grêmio 1 x 1 Atlético

Arena do Grêmio

Bolaños (Grêmio) e Cazares (Atlético)

2017

Ida

7/9

Flamengo 1 x 1 Cruzeiro

Maracanã

Arrascaeta (Cruzeiro)