A frase “caiu no Horto, está morto”, já não é mais uma máxima, principalmente pelas duas últimas temporadas irregulares do Atlético. Mas para o Internacional, adversário do Galo nesta segunda-feira (6), na partida que encerra a 17ª rodada do Campeonato Brasileiro e que ganha em importância com a derrota do líder Flamengo para o Grêmio, no último sábado (5), ela ainda vale, pois o Colorado é freguês atleticano no Independência, que recebe o confronto que vale a terceira posição da Série A a partir das 20h.

Desde a inauguração da nova arena, em abril de 2012, as duas equipes já jogaram sete vezes em Belo Horizonte, por três competições diferentes, e o máximo que o Internacional conseguiu foram dois empates. O Atlético venceu cinco vezes e no total marcou 15 gols. O Colorado balançou a rede oito vezes.

Depois de dois confrontos no Horto em 2015, um deles pelas oitavas de final da Libertadores, e 2016, quando os dois clubes fizeram uma das semifinais da Copa do Brasil, Atlético e Internacional não se enfrentaram no ano passado porque o Internacional disputou a Série B do Campeonato Brasileiro.

OS CONFRONTOS NO HORTO

DATA

PLACAR

COMPETIÇÃO

GOLS

PÚBLICO

18/7/2012

Atlético 3 x 1

Série A

Guilherme, Leonardo Silva e Escudero (A); Fred (I)

19.181

14/11/2013

Atlético 2 x 1

Série A

Fernandinho e Alecsandro (A); D'Alessandro (I)

12.451

23/8/2014

Atlético 1 x 0

Série A

Diego Tardelli

19.732

6/5/2015

Empate 2 x 2

Libertadores

Douglas Santos e Leonardo Silva (A); Lisandro López e Valdívia (I)

19.553

14/10/2015

Atlético 2 x 1

Série A

Lucas Pratto e Marcos Rocha (A); Paulão (I)

19.023

25/9/2016

Atlético 3 x 1

Série A

Fred, Clayton e Lucas Pratto (A); Ferrereis (I)

20.311

2/11/2016

Empate 2 x 2

Copa do Brasil

Robinho e Lucas Pratto (A); Aylon e Anderson (I)

20.447

 

Os dois empates alcançados pelo Colorado no estádio foram ambos por 2 a 2 e nesses confrontos de mata-mata. Na Libertadores, o Internacional levou a melhor pois venceu a volta, no Beira-Rio, por 3 a 1. Na Copa do Brasil, a vaga na decisão ficou com o Atlético, que na ida, em Porto Alegre, tinha feito 2 a 1.

GALO 100%

Com isso, no novo Independência o Atlético tem 100% sobre o Internacional em partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro. E se o time do técnico Thiago Larghi conseguir manter esse retrospecto nessa segunda-feira terminará a 17ª rodada na terceira colocação, pois ultrapassará o Internacional, que ocupa a posição com dois pontos a mais.

Dos dez jogadores atleticanos que já marcaram gol no Internacional, pelo Brasileirão, no Horto, estará em campo apenas o zagueiro Leonardo Silva, que volta ao time depois de ser poupado na última rodada, quando o time empatou por 2 a 2 com o Bahia na Fonte Nova, em Salvador, e a defesa foi muito criticada. Ele formará dupla com Maidana. Com isso, Gabriel vai para o banco de reservas.

Leonardo Silva, aliás, é o maior responsável por essa escrita do Atlético sobre o Internacional, pois foi um gol dele, aos 45 minutos do segundo tempo, que impediu uma derrota em 6 de maio de 2015, em partida válidas pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Se terá a volta de Leonardo Silva, que é seu capitão, o técnico Thiago Larghi não contará com os volantes Matheus Galdezani e Elias, suspensos na última quinta-feira pelo STJD por dois jogos por reclamações em relação à arbitragem de Péricles Bassols Cortez na derrota (3 a 2) para o Palmeiras, na 14ª rodada.

O Atlético fez o pedido de um efeito suspensivo na última sexta-feira (3), mas ele foi indeferido pelo relator do caso e ambos desfalcam o Galo. Com isso, Lucas Cândido deve formar dupla com Zé Welison e o Atlético abandonar a formação com três volantes com mais um meia fazendo companhia a Luan e Chará. Os candidatos à vaga são: Terans, Cazares, Tomás Andrade, Bruninho e Nathan.

Além disso, o lateral-esquerdo Fábio Santos, desfalque contra o Bahia na última segunda-feira (30), deve seguir fora do time, pois não treinou neste sábado. Juninho, que jogou na função improvisado em Salvador, deixa a equipe para a entrada do jovem Carlos Gabriel, revelação da base.

No Internacional, o técnico Odair Hellmann não tem o goleiro Danilo Fernandes, que sofreu uma ruptura no tendão do ombro direito e passará por uma artroscopia para reparação. O titular será Marcelo Lomba. Na lateral direita, Zeca, com uma contusão no pé direito, deve dar lugar a Fabiano, ex-Cruzeiro e Palmeiras.

A FICHA DO JOGO

DATA: 6 de agosto de 2018
MOTIVO: 17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
HORÁRIO: 20h
LOCAL: Estádio Independência (Belo Horizonte)
ARBITRAGEM: Jailson Macedo Freitas, auxilaido por Alessandro Rocha Matos e Elicarlos Franco de Oliveira, todos da Bahia
ATLÉTICO
Victor; Patric, Leonardo Silva, Maidana e Carlos Gabriel (Fábio Santos); Zé Welison, Lucas Cândido, Luan, David Terans e Yimmi Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.
INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Zeca (Fabiano), Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Nico López e William Pottker; Leandro Damião. Técnico:  Odair Hellmann.