Uma derrota que, mais uma vez, castiga o Atlético. Este é o resumo do 2 a 1 para o Fluminense, nesta segunda-feira (21), no Maracanã. Os dois gols de Henrique Dourado para o Tricolor, na 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, aumentam o despero do alvinegro na competição mais importante do país.

Desorganizado em campo, principalmente nos 45 minutos iniciais, o Galo foi pressionado pelos donos da casa e, graças ao camisa 1 Victor, não foi para o intervalo com derrota mais elástica do que o 1 a 0, gol marcado pelo artilheiro Henrique Dourado, personagem da noite.

No segundo tempo, com a entrada de Valdívia na vaga de Roger Bernardo, o Atlético mostrou certa melhora. Na 15ª assistência de Cazares na temporada, o ex-jogador do Internacional aproveitou a tabela com o equatoriano e deixou tudo igual. Este, inclusive, foi o primeiro dele com a camisa preta e branca.

Nos pés do "PokoPika", o time comandado por Rogério Micale  quase chegou ao segundo gol. A bola, porém, raspou o travessão. Luan, de fora da área, também levou perigo à meta de Júlio César.

Contudo, a ducha de água fria veio aos 43 minutos. Novamente com Henrique Dourado, mais uma vez de cabeça, os donos da casa pularam na frente do placar. O tento, que fez a torcida proferir palavras de baixo calão ao ex-xodó Fred, foi o 26º do atacante na temporada.

Na próxima rodada, o Galo volta a campo para encarar a Ponte Preta. O duelo, marcado para domingo (27), será no Moisés Lucarelli, casa da equipe paulista.

Com a derrota no Rio de Janeiro, o time mineiro caiu para a 13ª colocação da Série A, ficando a quatro pontos do Cruzeiro, arquirrival e sexto colocado (primeiro na faixa de clsasificação para a Libertadores), e a três do São Paulo, primeiro da zona de rebaixamento.

Ficha Técnica:

FLUMINENSE 2 X 1 ATLÉTICO 

Público:  9.248 pagantes 
Renda: R$ 237.240,00
Árbitro: Vinicius Goncalves Dias Araujo (SP) Auxiliares: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões amarelos: Wendel (FLU) Luan e Fred (CAM) 
Gols: Henrique Dourado aos 37 minutos do primeiro tempo; Valdívia aos 11 e Henrique Dourado aos 42 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE - Júlio César, Lucas (Matheus Alessandro, aos 28 do 2º), Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Marlon Freitas (Marcos Júnior, aos 29 do 2º), Wendel e Scarpa; Wellington Silva (Peu, aos 41 do 2º) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga

ATLÉTICO-  Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Bremer e Fábio Santos; Roger Bernardo (Valdívia, no intervalo), Yago, Elias e Cazares (Robinho, aos 41 do 2º); Luan e Rafael Moura (Fred, aos 25 do 2º). Técnico: Rogério Micale