O Figueirense entrou em campo no Orlando Scarpelli, há duas semanas, defendendo uma longa invencibilidade de 15 jogos. Entretanto, voltou a conhecer a derrota perante o Atlético. O Galo volta a encarar o Figueira na volta da terceira fase da Copa do Brasil, com o adversário em período oscilante.

Ambos voltam a duelar nesta quarta-feira (14), às 21h45, no Estádio Independência. E o Figueira não venceu nenhum dos três jogos realizados entre os dois encontros com o Galo. Foram três empates pelo Campeonato Catarinense. 

A "perda" de seis pontos nestas três rodadas fez o Figueirense trocar a liderança do Campeonato Estadual com a Chapecoense, favorita ao tricampeonato. O Figueira tinha 24 pontos quando perdeu para o Galo por 1 a 0, com a Chape no segundo lugar, com 23. 

Hoje, a Chapecoense soma 30 pontos, tendo vencido duas vezes e empatado uma nas últimas três rodadas. O Figueira está a três pontos do primeiro lugar na tabela. No regulamento do Catarinense, os 10 clubes da primeira divisão se enfrentam em turno e returno (18 rodadas, sendo 13 já disputadas), e os dois primeiros lugares fazem a final, em jogo único na casa do melhor colocado da primeira fase.  

Os resultados do Figueirense "depois e antes" dos duelos contra o Galo foram: 0x0 diante do Atlético Tubarão; 1x1 contra o Brusque e 1x1 contra o Avaí, com direito a gol contra do ex-atleticano Zé Antônio nos acréscimos da partida. O Atlético também realizou três duelos no Estadual, perdendo para o Cruzeiro, mas vencendo Uberlândia e Tombense.