A vitória suada, conquistada após muitos erros e minutos de desespero do Atlético, neste sábado (18), diante do Tricordiano, teve um sabor especial para o acatante Fred. Além de comemorar a classificação antecipada à semifinal do Mineiro e os 100% de aproveitamento no campeonato, o centroavante marcou o primeiro gol, se isolou ainda mais na artilharia do torneio e, agora, está bem próximo de bater uma marca alcançada pelo companheiro de clube, Robinho, no ano passado.

A exemplo do que Fred já fez neste ano, na edição do Estadual de 2016, o camisa 7 alvinegro balançou as redes adversárias nove vezes, sendo o artilheiro daquela competição. No ano anterior, Leandro Damião, que vestia a camisa do Cruzeiro, também marcou o mesmo número de gols.

Fred entrou em campo diante do Tricordiano disposto a manter o ótimo começo de temporada pelo Galo. Logo aos 13 minutos da partida, válida pela oitava rodada, ele deixou sua marca. O atacante tem mais gols do que jogos no ano: são 11 bolas nas redes em dez apresentações com a camisa do Atlético.

No segundo tempo, Fred deu lugar a Rafael Moura. O artilheiro do campeonato sentiu uma pancada no tornozelo e o departamento médico alvinegro achou melhor poupá-lo. No entanto, ao final da partida, o atacante deixou a torcida mais tranquila.

"Tomei uma porrada, mas nada de grave. Estou mais aliviado porque conseguimos a vitória", disse o centroavante, que também destacou o bom momento no clube. "As coisas estão acontecendo. É fruto da preparação, que foi uma das melhores. Domingo que vem devo jogar normal", acrescentou Fred.

Além das marcas do artilheiro, o Atlético também se aproxima do recorde de vitórias na primeira fase da competição. Foram nove em 2012. O número poderá ser igualado já na próxima rodada do Mineiro, quando o Galo recebe a URT, no domingo (26), no Independência.