Um dos papéis do meio-campista ofensivo no futebol é fazer com que a bola chegue ao ataque, seja por uma jogada individual ou em “tabelas” com os companheiros. Meia-atacante do Cruzeiro, o jovem Alisson leva com afinco sua missão dos gramados para outras áreas de sua vida. Se dentro de campo o jogador trabalha para marcar gols e auxiliar os companheiros em prol desse objetivo, fora das quatro linhas o papel do religioso é dar assistências para as pessoas em outro aspecto: o da palavra de Deus.

Adepto dos preceitos seguidos pela religião conhecida como Testemunhas de Jeová, Alisson realiza, em suas folgas no futebol, ações missionárias pelas ruas de Belo Horizonte. Antes de ficar confinado na concentração do Cruzeiro na Toca II no período de pré-temporada no começo deste ano, o meio-campista participou de algumas ações de sua igreja.

No fim de dezembro o jogador esteve no bairro Castelo, na região da Pampulha, tocando interfone de casa em casa na rua Castelo de Évora. Essa é uma prática comum das testemunhas de Jeová, que buscam novos discípulos pregando de casa em casa, assim como está escrito na Bíblia. E nessa empreitada religiosa, uma torcedora do Cruzeiro foi visitada pelo atleta da Raposa.

alisson, cruzeiro, testemunha de jeová

“O interfone da minha casa tocou e eu fui atender. Quando abri a porta, levei um susto, fiquei impressionada. Era o Alisson do Cruzeiro. Ele me entregou um folheto com um texto, uma passagem bíblica, falou algumas palavras religiosas, conversamos um pouco, aí ele me deu bom dia e foi embora”, contou a comerciante cruzeirense Larissa Ribeiro, 24.

Larissa contou ao Hoje em Dia que Alisson estava na companhia de outras oito pessoas, dentre essas a esposa do jogador, Paloma, que o acompanha e segue também à pregação das testemunhas de Jeová.

“Na hora fiquei meio em choque, chamei meu irmão e ficamos lá por uns três minutos conversando com ele. Depois ele saiu e continuou tocando o interfone de outras casas. Uma experiência inusitada para um domingo de manhã”, contou.

Em 16 de julho do ano passado, Alisson e sua esposa foram batizados e, oficialmente, passaram a ser reconhecidos como seguidores da religião Testemunhas de Jeová. O batismo aconteceu em um congresso na cidade de São José da Lapa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

alisson testemunha jeová