Barcelona e Sevilla vão se enfrentar pela Supercopa da Espanha, neste domingo, na primeira vez que o troféu será fora dos limites do país, no Marrocos, com a chance de Lionel Messi se tornar o jogador do clube catalão com mais títulos na história.

Messi acumula 32 troféus pelo Barça, empatado com Andrés Iniesta. Mas a saída do emblemático camisa '8' do clube deixa o caminho livre para o argentino se tornar o maior vencedor da equipe.

Sua primeira oportunidade será no estádio de Tânger, onde será disputada a Supercopa da Espanha pela primeira vez fora do país, excepcionalmente em jogo único.

O Barça goleou o Sevilla por 5 a 0 na final da Copa do Rei da última temporada, saindo com favoritismo no duelo. O time catalão poderá contar com todos seus jogadores sul-americanos, já que o brasileiro Philippe Coutinho conseguiu passaporte português.

Com o meia deixando de ser ex

tra-comunitário, o Barça evita ter que decidir um descarte entre ele, Malcolm, Arthur e Arturo Vidal. No entanto, o técnico Ernesto Valverde ainda decide como utilizar todos ao mesmo tempo dentro de campo.

Arthur se coloca como acompanhante de Sergio Busquets no meio, provavelmente ao lado de Rafinha, enquanto no ataque estarão os indiscutíveis Luis Suárez e Messi.

O brasileiro Malcolm parte com favoritismo para acompanhar a dupla ofensiva, já que o francês Ousmane Dembélé acaba de retornar das férias após o título da Copa do Mundo da Rússia.

Após turnê de pré-temporada nos Estados Unidos, o Barça buscará mostrar sua melhor versão e conquistar o primeiro título da temporada antes do início da LaLiga na próxima sexta-feira.

Sevilla mira Liga Europa

Do outro lado estará o Sevilla, que chega ao encontro já aquecido após as disputadas nas fases preliminares da Liga Europa.

O time treinado por Pablo Machín viaja para Tânger após vencer o Zalgiris lituano por 1 a 0 na terceira fase prévia, enquanto o jogo de volta é na próxima quinta.

O diretor de futebol do time andaluz, Joaquín Caparrós, já advertiu que "é mais importante passar de fase na Liga Europa do que ganhar a Supercopa da Espanha", em declarações à emissora Cope.

Ainda assim, com a dura final da Copa do Rei ainda presente, o Sevilla provavelmente tentará provar suas forças para vencer o Barcelona.

Após a saída do goleiro Sergio Rico emprestado ao Fulham, o arqueiro Tomas Vaclik surge como titular diante dos catalães, enquanto o centro do campo será comandado pelo argentino Ever Banega.

Prováveis escalações:

Barcelona: Ter Stegen, Semedo, Piqué, Lenglet, Jord Alba, Arthur, Sergio Busquets, Rafinha, Messi, Luis Suárez, Malcolm. Técnico: Ernesto Valverde.

Sevilla: Vaclik, Mercado, Nicolás Pareja, Carriço, Escudero, Aleix Vidal, Roque Mesa, Franco Vázquez, Banega, Sarabia, Ben Yedder. Treinador: Pablo Machín.