O adversário de Cruzeiro ou Flamengo nas quartas de final da Copa Libertadores sairá do confronto entre Boca Juniors, da Argentina, e Libertad, do Paraguai, que iniciam a batalha das oitavas de final também nesta quarta-feira (8), jogando às 19h30, no La Bombonera, em Buenos Aires. A partida de volta será em 29 de agosto, no Defensores del Chaco, no mesmo horário. Neste mesmo dia, cruzeirenses e flamenguistas decidem a vaga da sua chave no Mineirão, mas às 21h45.

A grande novidade do Boca Juniors é o goleiro Andrada, que foi vice-campeão da Copa Libertadores defendendo o Lanús no ano passado. Outro destaque do time é o meia-atacante Pavón, que foi à Copa do Mundo da Rússia integrando o grupo que fracassou sob o comando de Jorge Sampaoli.

O comando do ataque xeneize será de Ramon Ábila, que deixou o Cruzeiro no meio do ano passado para retornar ao Huracán, de onde ele veio para a Toca II. Depois ele foi repassado ao Boca. A devolução do jogador aconteceu para que a Raposa acabasse com a sua dívida relativa à contratação do atacante.

No banco de reservas da equipe comandada por Guillermo Schelotto estará Carlos Tévez, que desde a volta ao Boca após passagem pelo futebol chinês não conseguiu apresentar um bom futebol.

No Libertad, que é treinado pelo ex-goleiro Bobadilla, a maior referência é o veterano zagueiro Paulo da Silva, de 38 anos. Além dele, outro destaque é o meia Salguero, campeão da Libertadores de 2009 defendendo o Estudiantes, e depois vice com o Olimpia, em 2013.

Pelo regulamento da Copa Libertadores, se o Boca Juniors se classificar ele fará o primeiro jogo das quartas de final em casa, no La Bombonera, em Buenos Aires, seja seu adversário Cruzeiro ou Flamengo, que também foi segundo da sua chave, mas com campanha melhor que os xeneizes. Se a vaga ficar com o Libertad, ele decidirá a vaga nas semifinais jogando em casa, no Defensores del Chaco, em Assunção, pois foi primeiro colocado do seu grupo e com mais pontos que os cruzeirenses (13 a 11).

A FICHA DO JOGO

BOCA JUNIORS

Andrada; Jara, Goltz, Magallán e Más; Pérez, Barrios; Pavón, Zárate, Cardona; Abila. Técnico: Guillermo Barrios Schelotto

LIBERTAD

Rodrigo Muñoz; Paulo da Silva, Salustiano Candia, Luis Cardozo, Matías Espinoza; Cristian Riveros, Sergio Aquino, Antonio Bareiro, Juan Manuel Salgueiro; Jorge Recalde e Iván Franco. Técnico: Aldo Babadilla

MOTIVO: Jogo de ida pelas oitavas de final da Copa Libertadores

DATA: 8 de agosto de 2018

LOCAL: Estádio La Bombonera (Buenos Aires)

ARBITRAGEM: Wilton Pereira Sampaio, auxiliado por Emerson de Carvalho e Bruno Boschilla, todos do Brasil

TRANSMISSÃO: SporTV