Os pênaltis que salvaram o Atlético diante do Figueirense, na terceira fase da Copa do Brasil, foram pedra no sapato do clube diante da Chapecoenese, nas oitavas de final. Eliminado da competição, o Galo tem agora só o Campeonato Brasileiro pela frente.

Em entrevista coletiva, o técnico Thiago Larghi precisou digerir rapidamente duas saídas de competições importantes num espaço de oito dias - Sul-Americana e Copa do Brasil. Em discurso apaziguador e esperançoso, as fichas do treinador estão todas no Brasileirão.

"Fica o Brasileiro, temos que focar nesta competição que nos resta. Estamos começando bem nela. Lamentamos a eliminação nos pênaltis, dois empates, mas tentamos a vitória. Tivemos chance de decidir a partida, mas não conseguimos. Bola pra frente e foco no Brasileiro", afirmou o treinador alvinegro.

O Galo tem mais oito partidas até a parada da Copa do Mundo para se manter no topo. Atualmente, ocupa a terceira colocação, com 10 pontos, a mesma do líder Flamengo e do vice Corinthians. E o próximo compromisso é contra o Cruzeiro, neste sábado, no clássico mineiro.

"A gente entende o torcedor, mas também sabemos que é o melhor possível que fizemos aqui. Dois empates, no primeiro jogo dominamos, e fizemos bom primeiro tempo aqui. Eliminação nos pênaltis, acontece. Agora é focar no sábado, temos tudo para fazer uma boa competição no Brasileirão", completou o comandante do Galo.