O finlandês Valtteri Bottas garantiu neste sábado a pole position do GP da Áustria de Fórmula 1. O piloto da Mercedes melhorou em 1s012 seu ótimo desempenho da temporada passada, quando também largou na frente, e cravou sua melhor volta com o tempo de 1min03s130. Foi sua quinta pole na carreira.

O inglês Lewis Hamilton ficou apenas 0s019 atrás e confirmou a dobradinha da Mercedes no traçado de Spielberg, que nos últimos anos tem favorecido a escuderia. Desde 2014 que os carros prateados vencem a etapa austríaca da competição.

A Ferrari desta vez ao menos conseguiu fazer frente aos favoritos. O alemão Sebastian Vettel foi o mais rápido no Q2 e largará na terceira colocação. O finlandês Kimi Raikkonen ficou a maior parte do Q3 na vice-liderança, mas nos instantes finais caiu para o quarto lugar.

Bottas dominou o Q3 desde o início e, com o cronômetro zerado, ainda conseguiu sua melhor volta. Hamilton, que vinha em quarto lugar, guardou para o fim a volta mais rápida e garantiu o segundo lugar em um treino classificatório que não contou com grandes novidades do que vinha se desenhando nas sessões de treinos livres.

A Red Bull ficou fora da disputa pela pole. Sem o mesmo ritmo dos principais concorrentes, garantiu a quinta colocação com o holandês Max Verstappen e o sétimo posto, com o australiano Daniel Ricciardo.

A grande surpresa ficou por conta do francês Romain Grosjean, que largará na sexta posição. O piloto da Haas foi bem nos treinos livres, mas sempre ficou atrás das três escuderias mais fortes. No classificatório, superou Ricciardo. Seu companheiro de equipe, o dinamarquês Kevin Magnussen largará em oitavo, à frente dos dois carros da Renault. O colombiano Carlos Sainz sairá em nono e o alemão Nico Hülkenberg sairá em décimo.

O espanhol Fernando Alonso teve problemas na asa dianteira de sua McLaren quando tentaria dar a última volta rápida, parou no Q2 e largará na 14ª colocação. O monegasco Charles Leclerc fez o 13º melhor tempo, mas como precisou trocar a caixa de câmbio após ter problemas na terceira sessão de treinos livres, perdeu cinco posições no grid e largará em 18º.

A corrida terá largada no domingo, às 10h10 (de Brasília). O GP da Áustria é a nona etapa da temporada. Até aqui, Lewis Hamilton lidera o Mundial de Pilotos com 145 pontos, seguido de perto por Sebastian Vettel, que está em segundo lugar, com 131 pontos.

Confira o grid de largada para o GP da Áustria:

1º - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1min03s130
2º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min03s149
3º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min03s464
4º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min03s660
5º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min03s840
6º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min03s892
7º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min03s996
8º - Kevin Magnussen (DIN/Haas), 1min04s051
9º - Carlos Sainz Jr (ESP/Renault), 1min04s725
10º - Nico Hülkenberg (ALE/Renault), 1min05s019
----------------------------------------------
11º - Esteban Ocon (FRA/Force India), 1min04s874
12º - Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso), 1min04s874
13º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min05s058
14º - Lance Stroll (CAN/Williams), 1min05s286
------------------------------------------------
15º - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), 1min05s271
16º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min05s279
17º - Sergey Sirotkin (RUS/Williams), 1min05s322
18º - Charles Leclerc (MON/Sauber), 1min04s979*
19º - Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso), 1min05s366
20º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min05s479

* perdeu cinco posições no grid pela troca de câmbio.