Patrocínio, no Alto Paranaíba, desde sábado está em festa pelo título do Módulo II do Estadual, conquistado pela principal equipe da cidade, o Patrocinense. O acesso à elite quebrou um jejum de 23 anos. Naquela época, quando a internet apenas engatinhava no país, compartilhar o caneco com o mundo era praticamente impossível.

Diferentemente daquele ano, marcado pela morte do piloto Ayrton Senna e do tetracampeonato mundial da Seleção Brasileira, desta vez a Àguia pôde gritar aos cinco continentes que “o campeão voltou!”. Tudo graças às redes sociais; ferramentas estas inimagináveis há duas décadas.

Para ver como foi a festa em Patrocínio, não é necessário muito trabalho. Tendo acesso ao Intagram, Facebook ou Twitter, centenas de fotos e vídeos aparecem num piscar de olhos no visor do computador, dos celulares ou tablets; coisa de louco para quem voltar a 1994.