O torcedor americano pode ter visto em ação na tarde deste sábado (25), com a camisa 10 do CRB, um dos reforços do América para a temporada 2018, quando o clube voltará a disputar a Série A do Brasileirão com o título da Série B.

Com 26 anos, Francisco Hyun Sol Kim tem 1,74m, 69 kg e nasceu em Cascavel, no Paraná. Mas antes de defender o clube alagoano ele estava jogando no Seoul E-Land, da Coreia do Sul. Isso porque ele tem duplanacionalidade (brasileira e sul-coreana).

O desejo do América é disputar o Campeonato Mineiro de 2018 com pelo menos 80% do grupo que jogará a Série A do ano que vem, para evitar o que aconteceu no ano passado, quando o clube foi rebaixado para a Série B.

A partir da segunda-feira (27), a diretoria começa a trabalhar na montagem do grupo de 2018. E Chico é um nome que está no radar do América.

Segundo pessoas do clube, o técnico Enderson Moreira já trabalha nisso, o que evidencia que ele deve mesmo permanecer no clube no próximo ano.

Após a conquista do título, ele disse que o América já iniciou as conversas para a renovação com seu empresário, mas que ele ainda não teve participação na negociação, o que deve acontecer a partir de agora, com a conquista da Série B pelo Coelho.

A diretoria americana montou uma planilha para que o treinador possa avaliar os seus jogadores em 2017. A partir desse trabalho será decidido quem fica e quem sai em 2018.

E com as saídas, novos reforços serão contratados. E um deles deve ser o meia Chico, do CRB.