Vindo de vitória em casa no Campeonato Brasileiro, o América fará o Atlético se sentir visitante no Estádio Independência, local também de seus mandos de campo. Dará apenas um setor para o clássico de quinta-feira ao alvinegro. Serão 2.218 ingressos ao Galo.

Em reunião técnica realizada na FMF, nesta segunda-feira, diretores de América e Atlético deram os últimos retoques técnicos para o confronto da 9ª rodada. O Coelho ocupará três setores - Vip e Especial Pitangui e Especial Minas.

Enquanto o Galo ficará na Cadeira Ismênia, onde ficam as torcidas visitantes do Horto. A diferença é que lá são liberados 1.871 ingressos aos torcedores visitantes - como é o caso do Cruzeiro em dérbis contra o Galo. Entretanto, como não haverá torcida na parte inferior do bloco Ismênia, a PMMG não precisará distanciar os visitantes dos primeiros lances de escada.

Assim sendo, o Galo ficará com um ingresso a menos do que a ocupação total do setor - que é de 2.219 segundo o laudo de segurança. Tal carga representa 9,8% da capacidade total operacional do Independência, conforme consta na própria ata - 22.452.

Os valores dos ingressos serão R$ 40 para o Atlético, no portão 10, com meia-entrada. A torcida do Coelho poderá pagar R$ 50 para o setor Especial Pitangui (inferior), R$ 80 no setor VIP (acima do Especial Pitangui) e R$ 20 no Setor Especial Minas (atrás do gol). Há ainda os Camarotes no lado Ismênia. 

PROPOSTA RECUSADA
Normalmente, quando visitante perante o América, o Atlético também ocupava o portão 2, conhecido popularmente como "Setor Galo na Veia Black". Foi assim no Mineiro deste ano, por exemplo. A diretoria alvinegra propôs ao Coelho ter este setor para o embate de quinta-feira.

Em contrapartida, colocaria em prática a "política de reciprocidade", na qual ofereceria os portões 3 e 5 (superior e inferior da Pitangui) aos americanos no jogo do segundo turno, quando será o mandante. A proposta foi recusada pelo Coelho.