O Atlético segue em busca de um volante de mais marcação para compor o grupo de Roger Machado, mesmo já tendo acertado com Roger Bernardo para o meio do ano. Entretanto, há o interesse alvinegro na contratação de um meia-atacante. O colombiano Juan Quintero recebeu sondagens do Galo, que pode ser favorecido por uma cláusula implantada no contrato de empréstimo com o Independiente Medellín.

Com os direitos econômicos atrelados ao FC Porto, Quintero foi repassado pela equipe portuguesa ao time colombiano em setembro do ano passado. Ficaria emprestado pelo período de 12 meses, já que ele só poderia ser inscrito pelo DIM (Deportivo Independiente Medellín) em janeiro. Entretanto, há uma cláusula no contrato que permite o regresso de Quintero a Lisboa, caso o Porto assim solicite, após ele cumprir metade do período de empréstimo.

Assim sendo, o Atlético, que fortificou o interesse no meia colombiano de 24 anos, poderia comprar Juan Quintero junto ao FC Porto a partir de julho, ou até mesmo propor uma transferência de empréstimo com a possibilidade de compra em definitivo, com o preço fixado. O problema é que o Galo não estaria disposto a esperar tanto tempo, uma vez que o Ind. Medellín está na fase de grupos da Libertadores e, se inscrever seu camisa 10, o torna inelegível por outra equipe, na competição.

Quintero admitiu sondagens do Brasil em entrevista a rádio Blu, da Colômbia, mas ressaltou o bom momento que vive no DIM, tento estreado no mês passado.

"Com a minha chegada em Medellín, me sinto melhor em campo. Não posso negar que chegou ofertas de outras equipes. Mas tenho que me sentir agradecido com o time paisa (gíria de quem é natural de Medellín)", disse o jogador. 

O presidente do Independiente de Medellín, Eduardo Meluk, disse ao site FutebolRed.com que não recebeu nenhum comunicado do FC Porto sobre Juan Quintero. Ainda acrescentou que o jogador gostaria de permanecer na equipe e que "os contratos existem para ser respeitados".