Último time da capital a iniciar a pré-temporada, na segunda-feira (9), o Cruzeiro manteve a base de 2016 e mudou o perfil das contratações, com reforços pontuais nos setores mais críticos da última temporada.

Com apenas quatro novos contratados (Luis Caicedo, Diogo Barbosa, Hudson e Thiago Neves), o clube promoveu ainda o zagueiro Murilo Cerqueira, o volante Lucas Ventura e o goleiro Lucão das categorias de base. Após empréstimo ao Santa Cruz, o jovem atacante Raniel também foi requisitado por Mano Menezes.

Por outro lado, dois atletas ainda podem sair. O lateral Fabiano se apresentou após empréstimo, mas interessa ao Palmeiras e deve ser envolvido em uma troca por Robinho, cedido pelo Verdão à Raposa até o fim do ano. Outra possível baixa é Willian, também na mira do clube paulista.

No Atlético, o elenco também não é considerado fechado. Após as perdas de Leandro Donizete e Junior Urso, o clube procura incessantemente por dois volantes e encaminhou pré-contrato com Roger Bernardo (Ingolstadt-ALE). A chegada de Arouca, por sua vez, só depende da liberação do Palmeiras.

Existem ainda, no entanto, dois alvos de “grande porte” no futebol europeu: os ex-corintianos Elias e Bruno Henrique. Ambos, coincidentemente, são agenciados pela OTB Sports, empresa que recebeu sondagens do Galo sobre o também volante Gabriel, que já tem acerto com o Corinthians.

O América, por fim, teve o grupo totalmente reformulado em relação a 2016 com peças de baixo custo. São ao todo onze novos contratados, além do retorno do atacante Rubens, que estava emprestado ao Tupi para a disputa da Série B. Nesta terça-feira (10), o clube alviverde anunciou ainda a promoção dos jovens Felipe, Marlon, Renan Mello e Pilar, do time Sub-20.

Leia  mais:
Pré-temporada marca ‘recomeço’ de dirigentes nos clubes da capital