Conquistar a vigésima vitória na Série B do Campeonato Brasileiro e ratificar com as próprias forças a campanha de melhor equipe nas 38 rodadas da Divisão de Acesso, é a última lição de casa do América nesta temporada. No sábado, às 17h30, o alviverde recebe o CRB, de Alagoas, e pode dar a volta olímpica em plena Arena Independência.

De folga desde o empate sem gols com o Londrina, no último fim de semana, o Coelho se reapresenta hoje no CT Lanna Drumond e inicia a preparação mais importante de 2017. Estudar o adversário, 13º colocado, será essencial para evitar surpresas no Horto.

Com 70 pontos, dois a mais do que o vice-líder Internacional, a equipe comandada pelo técnico Enderson Moreira poderá ser campeã até sem conquistar os três pontos. Para que isto aconteça, o Colorado terá que tropeçar, em casa, diante o Guarani. Ao time gaúcho só interessa a vitória para ainda ter chances de conquistar o título nacional.

Invencibilidade
Há dez partidas sem saber o que é perder – o último revés do América foi na 27ª rodada, quando foi derrotado pelo Oeste[/TEXTO], por 2 a 1, em BH –, o time mineiro enfrentará o alagoano que, cumprindo tabela, não tem mais objetivos na competição.

Para o duelo derradeiro, Enderson Moreira não sabe se poderá contar com o goleiro João Ricardo, substituído no Sul do país após sofrer lesão muscular.
Outro que ainda é dúvida para o duelo é o zagueiro Messias, que, pelo mesmo motivo, desfalcou a equipe na 37ª rodada.

Quando se encontraram no primeiro turno, quem se deu melhor foi o rival, dono da casa na ocasião. A vitória do CRB por 2 a 1, inclusive, marcou a confusão envolvendo os atacantes Bill e Zé Carlos. Expulso, o goleador do Coelho acabou suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) por seis partidas.