O América estreou com derrota na Copa do Brasil 2018. Jogando no Estádio Independência, o time mineiro foi superado por 2 a 1 pelo Palmeiras na noite desta quarta-feira (9) e, com isso, precisará vencer a forte equipe paulista fora de casa para avançar às quartas de final da competição pela primeira vez na história.

O segundo e decisivo confronto está marcado para daqui a duas semanas, no próximo dia 23 (quarta-feira), em São Paulo. Nesta edição do torneio, o gol qualificado (como visitante) deixou de ser um critério de desempate, portanto qualquer vitória americana pela diferença mínima levará a decisão para os pênaltis.

Antes, o Coelho tem ainda dois compromissos pela Série A do Campeonato Brasileiro. Primeiro diante do Ceará, na segunda-feira (14), às 20h, em Fortaleza. E depois contra o Botafogo, no domingo seguinte (20), às 16h, em Belo Horizonte.

"O 2 a 1 é um placar que dá para reverter. Jogamos de igual para igual com o Palmeiras, fizemos um gol, e isso foi muito bom", afirmou o meia Serginho, autor do gol do Coelho, em entrevista ao canal SporTV

O jogo

O técnico Enderson Moreira promoveu cinco mudanças em relação ao time goleado pelo Vasco da Gama no último sábado, por 4 a 1, no Rio, pela quarta rodada do Brasileirão. Giovanni, Leandro Donizete, Christian, Aderlan e Luan ganharam as vagas ocupadas na ocasião por Carlinhos, Juninho, Wesley, Marquinhos e Aylon, respectivamente.

As equipes começaram se alternando no ataque, com algumas chances para ambos os lados. Aos poucos, porém, o Palmeiras passou a chegar com mais perigo, como aos 23 minutos, quando Borja recebeu livre na área americana e finalizou para fora.

Ainda no primeiro tempo, o atacante colombiano teve outra oportunidade e não desperdiçou. Após bom cruzamento de Lucas Lima na ponta esquerda, o camisa 9 apareceu às costas do zagueiro Rafael Lima e mandou para as redes de João Ricado, aos 37 minutos.

Após o intervalo, o Coelho assustou em finalização de Rafael Moura desviada perigosamente por Diogo Barbosa, aos 5 minutos. 

Foi o time visitante, no entanto, que conseguiu ampliar a vantagem, aos 11. Aderlan errou passe no ataque americano e, no contragolpe, Keno concluiu cara a cara com o goleiro João Ricardo após boa tabela com Borja, novamente superando a marcação de Rafael Lima.

A partir daí, o América tentou pressionar ainda mais em busca do gol, e conseguiu descontar aos 27 minutos. Acionado do banco de reservas, Aylon aproveitou vacilo do zagueiro Antônio Carlos, roubou a bola e tocou na medida para Serginho balançar a rede com certa liberdade.

O América ainda criou algumas chances e buscou o empate até os últimos lances, mas esbarrou na marcação palmeirense, pecou nas finalizações e não conseguiu evitar o revés.

FICHA DO JOGO

AMÉRICA 1 X 2 PALMEIRAS

AMÉRICA: João Ricardo; Norberto (Marquinhos), Messias, Rafael Lima e Giovanni; Leandro Donizete, Christian e Serginho; Luan (Ruy), Aderlan e Rafael Moura (Aylon). Técnico: Enderson Moreira.

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Lucas Lima (Guerra); Dudu, Keno (Willian) e Borja. Técnico: Roger Machado.

GOLS: Borja, aos 37 minutos do primeiro tempo; Keno, aos 11, e Serginho, aos 27 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS: Rafael Lima e Leandro Donizete (A).

ARBITRAGEM: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (SC).

PÚBLICO: 12.241 presentes.

RENDA: R$ 132.987,00.