O confronto entre Flamengo e Palestino, pela segunda fase da Copa Sul-Americana, já poderia ter o seu fim decretado após a vitória do clube brasileiro no jogo de ida por 5 a 2, mesmo no Chile. Obviamente a segunda partida aconteceu nesta quarta-feira e, mais uma vez, o time rubro-negro não deu qualquer chance e ratificou a classificação às oitavas de final com uma nova goleada: 5 a 0, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio, com placar agregado em 10 a 2.

O próximo desafio do Flamengo na Copa Sul-Americana será um confronto brasileiro. O adversário será a Chapecoense, a atual campeã, que passou com dificuldades na disputa por pênaltis contra o Defensa y Justicia, da Argentina. As datas serão definidas em breve pela Conmebol. Quem passar, poderá encontrar o Fluminense nas quartas de final - o time tricolor enfrentará a LDU, de Quito (Equador).

No ano passado, Flamengo e Palestino duelaram nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Os chilenos surpreenderam ao venceram no Brasil por 2 a 1, depois de uma derrota por 1 a 0 em Santiago. Só que desta vez o clube rubro-negro não deu chance para o azar novamente. E liquidou o confronto logo no primeiro tempo no estádio Luso-Brasileiro.

Em pouco menos de 10 minutos, o Flamengo já vencia por 2 a 0. Aos 3, Willian Arão chutou da entrada da área e o centroavante Felipe Vizeu estava no meio do caminho para dar um leve toque para enganar o goleiro Darío Melo e ver a bola entrar. Aos 9, foi a vez de Geuvânio marcar o seu, o primeiro com a camisa rubro-negra, em uma cabeçada após cruzamento de Éverton Ribeiro.

Ainda antes do intervalo, o Flamengo transformou a vitória em goleada. Aos 41 minutos, Geuvânio deu um toque na área e achou Éverton Ribeiro sem marcação. O meia dominou e tocou de bico por baixo de Darío Melo para fazer o terceiro. E o quarto saiu aos 43, quando Everton cruzou da esquerda e Willian Arão marcou de cabeça.

Vitória e classificação mais do que garantidas, a torcida no estádio passou o segundo tempo pedindo para o técnico interino Jayme de Almeida colocar o atacante Vinícius Junior, de 17 anos e já vendido ao Real Madrid, em campo. Isso só aconteceu aos 25 minutos e logo depois, aos 27, o garoto marcou o seu primeiro gol como profissional do Flamengo. Ele iniciou a jogada com um cruzamento da esquerda para a segunda trave. O colombiano Berrío cabeceou para trás e Vinícius Junior chegou mais rápido que a marcação chilena para chutar forte e sair para a comemoração.

Daí para frente, só festa para os pouco mais de seis mil torcedores que foram ao jogo - o pior público no estádio Luso-Brasileiro desde que o Flamengo passou a mandar as suas partidas no local.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 5 x 0 PALESTINO

FLAMENGO - Alex Muralha; Pará, Rodholfo, Juan e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Éverton Ribeiro (Lucas Paquetá); Everton (Vinícius Junior), Geuvânio (Berrío) e Felipe Vizeu. Técnico: Jayme de Almeida (interino).

PALESTINO - Darío Melo; Rodrigo Tapia, Sebastián Toro e Diego Torres; Alan Arario (Ángel Melo), Julián Fernández, Sandoval (Romo), Diego Gutiérrez, Carmona e Roberto Cereceda; e Roberto Gutiérrez. Técnico: Germán Cavalieri.

GOLS - Felipe Vizeu, aos 3, Geuvânio, aos 9, Éverton Ribeiro, aos 41, e Willian Arão, aos 43 minutos do primeiro tempo; Vinícius Junior, aos 27 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Julián Fernández (Palestino).

ÁRBITRO - Andrés Rojas (Fifa/Colômbia).

RENDA - R$ 200.405,00.

PÚBLICO - 5.070 pagantes (6.007 no total).

LOCAL - Estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ).