Estreando como treinador do Atlético, Roger Machado avaliou a vitória magra, diante do Atlético de Teófilo Otoni, pelo Campeonato Mineiro, e a queda de rendimento no segundo tempo como fatores normais de um time em início de temporada.

"Tivemos 70 minutos de um bom futebol, construindo o jogo com tranquilidade. Depois, no segundo tempo, os jogadores ficaram mais espalhados em campo, devido ao cansaço, dando bolas para o adversário. Mas essse começo é natural, as pernas ficam pesadas", analisou.

Sobre a contratação de Elias, volante técnico como Rafael Carioca, Roger disse que é possível usar dois jogadores da posição com essas características, desde que "todo mundo se ajude, não ficará apertado para ninguém".

O treinador confessou que gosta de jogar dessa forma, apostando na compactação e na roubada de bola. "Elias é um jogador importante, está motivado e já o conhecemos há bastante tempo. É um jogador vitorioso e experiente", definiu Roger.