Quando entrou em campo em pleno sacrifício físico para o jogo entre Atlético e Jorge Wilstermann, Fred tinha a missão de fazer os gols da classificação do Galo e, inevitavelmente, almejar a artilharia da Libertadores. Mas nem ele e nem o atual dono da liderança da tabela de goleadores seguirão no torneio.

O atual artilheiro da competição é o boliviano Chumacero, do The Strongest, com oito gols. O meia acabou saindo do torneio também nas oitavas, ao ser eliminado pelo Lanús 24 horas antes do Galo. 

Fred tinha seis gols na Libertadores, sendo que não havia disputado fases prévias aos grupos, algo que favoreceu Chumacero no Strongest. Tinha a chance de superar o concorrente, mas também de adeus ao torneio continental no 0 a 0 do Galo contra outros bolivianos, que eliminaram uma equipe brasileira pela primeira vez na história das competições sul-americanas.

Além de Fred, o meia-atacante Cazares também brigava pela artilharia, com cinco gols. A mesma quantidade que outros sobreviventes somam e agora vão atrás dos oito de Chumacero. São eles: Luan e Lucas Barrios do Grêmio e Saud do Lanús. 

Se ninguém conseguir ultrapassar o "Schweinsteiger" de La Paz, a artilharia da Libertadores 2017 já terá um número de gols compatível com as últimas 10 edições do torneio. De 2007 para cá, somente Cabañas (em 2007, com 10 gols) e Jonathan Calleri (em 2016, com 9) fizeram mais gols que Chumacero. 

Lista de artilheiros da Copa Libertadores 2017